Olhar Conceito

Sexta-feira, 19 de julho de 2024

Notícias | Comportamento

Organizadores tentaram cancelar

Funkeira envolvida em polêmicas, MC Pipokinha continua com dois shows agendados em Cuiabá

Foto: Divulgação

Funkeira envolvida em polêmicas, MC Pipokinha continua com dois shows agendados em Cuiabá
A funkeira MC Pipokinha, que está envolvida em diversas polêmicas nas redes sociais, teve diversos shows cancelados pelo Brasil. A produtora de eventos de Cuiabá, Reviada Oficial, também se pronunciou após as falas e atitudes "problemáticas" da cantora e declarou que não consegue cancelar o show marcado para o dia 15 de abril, em razão do contrato assinado ainda no ano passado. A cantora é famosa por apresentar shows com coreografias eróticas e letras de músicas hiper sexualizadas.


Leia mais:
Final de semana agitado em Cuiabá tem Gusttavo Lima, inaugurações e shows autorais pela cidade


“De imediato acionamos o nosso jurídico para realizarmos uma quebra de contrato, todavia, este não seria possível sem que percamos integralmente o valor pago. A Reviada é uma marca que está há pouco mais de um ano no mercado, e não temos condições de arcar com tamanho prejuízo”, diz a nota divulgada.

Uma solução que os organizadores encontraram para o evento foi a montagem de um palco secundário com atrações regionais, como DJs, ao mesmo tempo em que a cantora se apresenta.

Vale lembrar que o anúncio do show da MC Pipokinha foi realizado no dia 25 de fevereiro e mais de 1.500 ingressos foram vendidos em 24 horas. Na época, a artista estava vivendo momento de sucesso após a popularização de suas músicas e apresentações nas redes sociais, como o Tik Tok.

No entanto, a funkeira não soube aproveitar o sucesso e se envolveu em diversas polêmicas, como a fala "debochando" dos professores, dita em vídeo no seu perfil do Instagram: “Tadinha dela, já é professora. Tem que amar muito a profissão, porque, aguentar desaforo do filho dos outros tem que ter nada para fazer em casa. Professor é humilhado, não discute com ela não. Meu baile tá 70 mil, 30 minutinhos em cima do palco. Ela não ganha nem 5 mil sendo professora”.
 
Outras atitudes que revoltaram os internautas e fãs foram as acusações de zoofilia e pedofilia em vídeos eróticos nas plataformas pagas como Only Fans. Além disso, a cantora já foi acusada de racismo contra indígenas, protagonizou cenas de sexo no palco com fãs e minimizou o assédio sexual.
 
“Se você não sabe se defender, evita, não use roupa curta. Se você não tem boca e não tem peito para bater de frente com o cara e falar 'não é não', se vai ficar com medo quando ele mexer com você, não use roupa curta. Usar roupa curta não é para qualquer uma, minha roupa não é convite. As pessoas não entendem que todo mundo tem o corpo livre", disse MC Pipokinha, sobre assédio sexual.

A funkeira realiza dois shows em Cuiabá no dia 15 de abril, um no Anexo Rancho Pub, organizado pela Reviada Oficial, e outro no Gerônimo West Music. Os ingressos para as apresentações custam entre R$ 33 e R$ 55 reais.

Confira a nota da Reviada Oficial na íntegra:
 
"Todos estão cientes das polêmicas que a artista contratada para o nosso evento tem se envolvido nos últimos dias. A Reviada é uma marca pautada por princípios, diversidade e representatividade, sendo assim, não concordamos com nenhum dos pensamentos/atitudes que a artista tem se envolvido.

Contudo, essa divergência que temos em relação a ela, não abre margem para cancelamento do acordo comercial que temos com ela e com outros fornecedores do evento, acordos esses que foram realizados em sua maioria ainda no ano passado e que hoje somam um altíssimo valor (como podem imaginar pelas falas da própria) em investimentos JÁ pagos.

De imediato acionamos o nosso jurídico para realizarmos uma quebra de contrato, todavia, este não seria possível sem que percamos integralmente o valor pago.

A Reviada é uma marca que está há pouco mais de um ano no mercado, e não temos condições de arcar com tamanho prejuízo..

Entendemos que muitos, com razão, perderam o interesse em ir ao evento. Mas estamos aqui para reforçar que: A nossa marca e o evento Reviada, sempre será muito maior que a experiência que um artista pode entregar, pois é a energia de vocês que fazem a festa propriamente dita acontecer.

Sendo assim, informamos que haverá um palco secundário no evento, que será aberto durante o show da artista em questão, para que aquelas pessoas que não queiram acompanhar a performance dela, possa curtir as 07 horas de evento sem parar, valorizando quem de fato faz diferença, que são nossos artistas locais."
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet