Olhar Conceito

Quinta-feira, 23 de maio de 2024

Notícias | Pets

GTAG PERSONALIZADOS

Apaixonada por animais, publicitária empreende em marca que vende plaquinhas de identificação para pets

Foto: Gtag Personalizados

Apaixonada por animais, publicitária empreende em marca que vende plaquinhas de identificação para pets
Quem nunca se desesperou quando seu pet fugiu de casa e desapareceu? Foi essa questão que moveu Georgea a criar a “Gtag Personalizados”, há um ano atrás. Apaixonada por animais, a publicitária e mãe de dois cães, Georgea Marconato Dias, de 33 anos, é idealizadora e proprietária da marca. Sozinha, produz em casa plaquinhas de identificação para bichinhos de estimação, especialmente cães e gatos.


Apostando tudo, ela acredita convictamente na marca que, além de se tornar sua principal fonte de renda, surgiu para suprir episódios frequentes de desaparecimento de pets que fogem da casa dos tutores e custam muito para serem encontrados. Gtag trabalha por encomenda oferecendo as plaquinhas personalizadas de acordo com o interesse do cliente, comedouros, adesivos para materiais escolares, bagagens e de escritório. Para adquirir os produtos, basta entrar em contato via WhatsApp ou Instagram.

Leia mais: 
"A menina do circo do TikTok", cuiabana viraliza compartilhando vida circense para mais de 4 milhões de pessoas
 

Diante dos constantes desaparecimentos que chegavam ao seu conhecimento, ela teve o insight de ajudar os pais e mães de pets que ficam de mãos atadas sem conseguir ter seu bichinho de estimação de volta.

Após passar por problemas pessoais, Geórgea ficou desempregada e precisou buscar modos de quitar os boletos. Como é apaixonada por animais de estimação e mãe de dois cães, ela percebeu que poderia encontrar uma saída para sua situação financeira ajudando, também, na causa animal.

“Apesar de ter no meu currículo grandes empresas, foi bem difícil no começo porque fiquei dois anos parada. E aí, eu sou apaixonada por animais, eu tenho os meus, e sempre vendo todos os dias as postagens de cachorros desaparecidos em diferentes bairros e cidades”, disse.

“E isso é triste, pois tem criança que sofre, gente com depressão que precisa do bichinho e o próprio animal, que corre risco de ser maltratado, atropelado e tudo mais. E aí eu sempre tive vontade de ter um negócio meu e aí pensei na Gtag”, acrescentou.
 
 
E foi assim que surgiu a Gtag Personalizados. A partir desse pontapé inicial, ela começou a pesquisar como elaborar as plaquinhas. Entre vídeos de internet e pesquisas próprias, encontrou uma forma de fazer: um molde de metal envolto em resina e endurecedor, e que fosse possível de fazer diante das condições que tinha.
No início, Gerogia fazia tudo à mão. Depois de criar as logos no Photoshop, ela imprimia o formato, recortava, passava a resina, esperava secar e colocava no colar. O tempo foi passando, os clientes comprando a ideia e o negócio foi crescendo e se desenvolvendo.

“Quando eu recortava com as mãos, eu levava muito mais tempo. Além das horas que a resina tem para secar. Até então, eu não tinha pensado em fazer a estufa. Eu levava um dia inteiro para fazer as plaquinhas. Agora, levam algumas horas”.

Hoje, ela conseguiu investir em uma máquina de cortar que possibilita fazer vários moldes de uma só vez. Além disso, construiu uma estufa com as próprias mãos. A estufa ajuda a resina secar mais rápido e, com isso, Georgea consegue finalizar as produções mais rápido. 

Agora com um ano de empreendimento, Gtag está caminhando e conquistando reconhecimento no mercado. Georgea contou que além de ser o modo de quitar suas contas, trabalhar com a marca é também gratificante pelo feedback positivo que recebe dos clientes.

“O pessoal me manda mensagem falando ‘olha meu cachorro ficou perdido e graças à plaquinha ele foi encontrado em duas horas’. Então é gratificante: ouvir a pessoa falando que se não fosse a plaquinha ele não encontraria o cachorro”.

Inclusive, ela elaborou uma plaquinha para um pedido de casamento, em dezembro do ano passado: “você quer se casar com meu papai?”. O pedido foi feito por um cliente de forma inusitada, usando o produto da Gtag. “A gente amou demais a ideia, parabéns ao noivo”, disse Georgea.



Além das plaquinhas de identificação, importantíssimas nesses episódios de fuga dos pets, Gtag também oferece comedouros personalizados, adesivos para escritórios, chaveiros e placas de identificação para bagagens.

As placas personalizadas de metal e resina levam o nome do pet, do tutor, um número para a localização e um colar para encaixar no pescoço do animal. Elas podem ser de diferentes cores e customizadas com diversas estampas, como por exemplo de times de futebol. Os comedouros são de plástico ou de metal, levando o nome do bichinho.

Os chaveiros são personalizados de acordo com a preferência do cliente, bem como os adesivos. As plaquinhas de identificação de bagagem são similares a placas de carro, levando o nome do cliente, a cidade e o telefone.
 
“Olhar, não deixa seu cachorro desaparecer para você fazer a plaquinha. Hoje, as pessoas só dão valor nisso depois que acontece. Sempre acham que o animal não vai desaparecer, mas acontece. Seja dentro de prédio, condomínio, o pet foge. Então, é importante identificar seu pet antes que ele desapareça”.
 
Para adquirir os produtos da Gtag Personalizados, basta entrar em contato pelo WhatsApp ou Instagram.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet