Olhar Conceito

Domingo, 26 de junho de 2022

Notícias | Diversão e Lazer

CONFIRA

Opção de diversão, lazer e prática esportiva para qualquer faixa etária, Pedal da Guarda atrai centenas de ciclistas para circuitos em VG e Cuiabá

Foto: Cachorrão Urel

Opção de diversão, lazer e prática esportiva para qualquer faixa etária, Pedal da Guarda atrai centenas de ciclistas para circuitos em VG e Cuiabá
O Pedal da Guarda atrai centenas de pessoas para passeio de bicicleta pelas ruas de Cuiabá e Várzea Grande. Com objetivo de incentivar a prática de atividades físicas, a educação no trânsito e potencializar o cicloturismo da região com interação social, os circuitos são organizados pelo Sub-comandante da Guarda Municipal de VG, Alexander Gouveia Ortiz, com assessoria do carismático e famoso ciclista "Cachorrão". Agentes da guarda e voluntários garantem a segurança dos trajetos. O pedal, que se tornou ótima opção de diversão e lazer de forma gratuita e inclusiva, acontece toda quinta-feira, com saída sempre da praça Sarita Baracat, às 19h30, para qualquer faixa etária.  

Leia mais: 
Pedal aproxima Guarda Municipal da sociedade e oferece lanche especial em edições "gourmet"
 
O Olhar Conceito participou do pedal que aconteceu nesta quinta-feira (29) e contou com cerca de 500 pessoas, dentre crianças, jovens, adultos, famílias, amigos, voluntários e agentes de segurança. O trajeto partiu da concentração da praça e seguiu pelas ruas de VG até chegar na tradicional sorveteria e parceira do projeto, Nevaska, no bairro Porto em Cuiabá. No local, cada ciclista ganhou uma bola de sorvete.

 
O planejamento dos circuitos é feito pela organização da Guarda, junto com a assessoria de Cachorrão, ciclista carismático e famoso em VG e Cuiabá e com agentes de trânsito dos municípios. A rotas têm cerca de 25 quilômetros e visam passar por pontos turísticos das cidades. Na concentração e no passeio, os apoiadores servem banana e água. O pedal conta com apoio de carro de som, assistência mecânica e segurança. 
 
Para Alexander, o principal objetivo é fazer com que o pedal se torne prática esportiva cada vez mais comum, que possa incentivar o máximo de pessoas para o esporte. Além disso, é uma opção de diversão, lazer e exercício físico que promove interação social para as pessoas que participam, famílias e para amigos.  
 

“Isso, pós-pandemia, se tornou muito importante porque as pessoas se isolaram muito. Então o pedal é um passeio que a pessoa se descontrai, se distrai. Além de praticar atividade física, ela participa dessa interação social que é tão importante pra nós”, disse.  

Para participar do pedal, basta comparecer à concentração com sua bicicleta e devido traje de iluminação. Quem não tiver todos os equipamentos também pode ir e contar com os serviços de Cachorrão, que aluga bikes e capacetes, da Rabelo, que presta assistência mecânica. Além disso, a empresa Bananas Piu-Piu faz doações da fruta para as atividades, o mercado Bom Gosto serve pão com carne, tem peixaria que serve caldo de peixe, a sorveteria Nevaska e a Movido Açaí.  
 
Para Cachorrão, que faz dos pedais seu ganha pão diário com os alugueis, organizações dos eventos e as parcerias, “o principal objetivo é incentivar a prática da atividade física, pois o que é bom para mim, é bom para as pessoas. E pra mim virou meu comércio, virou minha empresa. Mas o importante é fomentar e aumentar os praticantes”, pontuou.  

O pedal surgiu em 2015, criado pela Guarda, Cachorrão e com apoio da gestão municipal de VG. De lá pra cá, promovendo qualidade na atividade física, interação social, cicloturismo e incentivo à educação no trânsito, a ação tem vem conquistando cada vez mais adeptos da baixada cuiabana. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet