Olhar Conceito

Domingo, 17 de outubro de 2021

Notícias / Pets

Saiba como ajudar

Grupo de mulheres se junta para cuidar de animais abandonados e precisa de ajuda para construir abrigo

Da Redação - José Lucas Salvani

16 Ago 2021 - 11:35

Foto: Reprodução

Grupo de mulheres se junta para cuidar de animais abandonados e precisa de ajuda para construir abrigo
Um grupo de mulheres, composto por Mari Zaiden, Yasmin Gimenes, Letícia Crevelaro, Letícia Moraes, Sarah Araújo e Sabryna Frizon, se juntaram para cuidar de animais abandonados no município de Rondonópolis (a 218 km de Cuiabá). Com um terreno doado, o grupo busca conseguir construir um abrigo para 20 cachorros e entre 15 a 20 gatos.

Leia também:
Sema suspende turismo no Morro Santo Antônio por tempo indeterminado

Tudo começou com Mari, que resgata animais desde quando era criança com seus pais. Naquela época, resgatavam, cuidavam e doavam para amigos interessados pelos bichinhos. Os cuidados com os animais seguiram até mesmo depois de Mari se casar, principalmente porque o marido a incentiva bastante e ela ainda não tinha concretizado o seu sonho: ter um abrigo.

Com o passar do tempo, as demais mulheres, também apaixonadas por bichinhos, foram se juntando a Mari. Yasmin, por exemplo, conheceu Mari após resgatar um cachorro que foi esfaqueado. Já Sarah é prima de Mari e também desde pequena cuida e resgata animais que encontra. Posteriormente, pelo Instagram, as demais entraram em contato querendo agregar ao trabalho.

No início do ano, o grupo conseguiu usar um abrigo emprestado para abrigar os seus animais resgatados, mas depois os passou para uma clínica veterinária em Rondonópolis. Sem um local fixo, agora elas buscam construir um espaço próprio em um terreno que conseguiram após a doação de terceiros.

O grupo aceita tanto doação em dinheiro como materiais de construção. Na lista encaminhada ao Olhar Conceito, são necessários: 80 sacos de cimento, 70 sacos de cal, 5 mil tijolos de oito furos, 5 metros de areia, 4 metros de pedra pedrisco, 25 telhas amianto 213x110, 8 telhas amianto 366x110, 100 parafusos, 18 caibros de 3 metros, 2 vigotas de 3,5 metros de 12x0,6, 6 vigotas de 4 metros de 12x0,6, 40 metros de tela de 1 metro de altura, 14 colunas armadas (5x16, 0,7x20, de 6 metros), 3 barras de ferro (5x16 de 12 metros), 40 quilos de arame recozido, 2 quilos de prego (17x27) e seis tábuas de três metros (30x para caixaria).

Para realizar as doações, basta entrar em contato com Mari pelo número (66) 99675-0778. No Instagram @poranimaisfelizes é possível acompanhar diariamente o trabalho de resgate do grupo.

“Nada justifica o abandono, mas [a situação] está feia demais. Sigo outras ONGs, para acompanhar o trabalho deles, com eles também está aumentando [o número de resgate]. Parece que cada vez que passa, está com mais abandono. Isso tem que acabar”, desabafa Mari em entrevista ao Olhar Conceito.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet