Olhar Conceito

Quinta-feira, 21 de outubro de 2021

Notícias / Pets

SAIBA COMO AJUDAR

Empresária de Cuiabá cria projeto que reverte valor de reciclagem de tampinhas em castração de animais de rua

Da Redação - José Lucas Salvani

17 Fev 2021 - 14:35

Foto: Reprodução

Empresária de Cuiabá cria projeto que reverte valor de reciclagem de tampinhas em castração de animais de rua
A empresária de Cuiabá, Kelly Rondon, de 48 anos, criou um projeto que reverte o valor de reciclagem de tampinhas e lacres de latas de alumínio em castração de animais de rua. O “Tampatinhas” já conseguiu arrecadar 1,5 tonelada de materiais recicláveis. 

Leia mais:
Conheça personalidades mato-grossenses que são símbolo para a cultura estadual

Kelly se inspirou em um projeto que pôde conhecer no Rio de Janeiro, no início de 2020, antes da pandemia do novo coronavírus atingir o Brasil. A base do projeto carioca é a mesma utilizada por Kelly: vender tampinhas para reciclagem e reverter em alguma ação. No Rio, o projeto visava a comprar cadeiras de rodas, mas a empresária optou por direcionar o valor arrecadado para a castração por ser ligada à causa animal.

“Devido a pandemia, ele ficou parado por um tempo. (...) Em agosto do ano passado, mesmo com a pandemia, resolvemos começar a mexer, abrir o CNPJ, formar a associação e demos entrada nessa papelada”, explica Kelly sobre o início do projeto ao Olhar Conceito.

Semanalmente, eles fazem uma triagem dos objetos coletados, reúnem uma determinada quantidade para a reciclagem e vende. Desde o início, o grupo de cerca de 50 voluntários conseguiu arrecadar o equivalente a 1,5 tonelada de material reciclável, o que gerou uma arrecadação de aproximadamente R$ 1,5 mil.

Nesta primeira fase, prevista para ser concluída em março, o dinheiro arrecadado será destinado para a castração de gatos visto que essa população de animais se reproduz muito ao longo de um ano. Em média, o valor de cada castração sai R$ 90 e o projeto deve seguir com animais de pequeno porte, posteriormente, porque o valor pago varia conforme a pesagem.

“A gente vai começar com animais menores, que são os gatos. Ele fazem uma quantidade de cria anual que pode chegar a seis procriações no ano. São 20 gatinhos por cada gata e antes de dar um ano aquele filhote já está procriando. É uma cadeia muito rápida”, explica.

No total, são cerca de 120 pontos de coleta espalhados por Cuiabá, Várzea Grande e Sapezal (a 559 km da capital). Os pontos podem ser encontrados em shoppings, lojas de construção, clínicas veterinárias, pet shops, lojas alimentícias e outros estabelecimentos. Para conferir a lista completa, dividida por município, basta acessar os Destaques do Instagram do Tampatinhas.

Qualquer tampinha pode ser doada desde que seja 100% de plástico: refrigerante, leite, suco, remédio, produto de limpeza, creme dental, shampoo e condicionador, desodorante e creme de barbear. Os lacres de latas de alumínio também são bem-vindas.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet