Olhar Conceito

Sábado, 24 de outubro de 2020

Notícias / Saúde e Beleza

Dores da hérnia de disco diminuem em 15 dias com pilates, diz especialista em coluna

da Redação - Isabela Mercuri

17 Fev 2020 - 09:22

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

Dores da hérnia de disco diminuem em 15 dias com pilates, diz especialista em coluna
Muito mais do que um exercício de alongamento, o pilates é uma ferramenta utilizada por fisioterapeutas para fazer reabilitação de pacientes. Para aqueles com hérnia de disco, as dores melhoram – e até vão embora – já nos primeiros quinze dias de tratamento. Esta é a declaração da especialista em coluna Maria Arcilene Jaquerod, 50, proprietária da clínica e estúdio Arci Clinic, em Cuiabá

Leia também:
Voluntários realizam ‘plantão psicológico’ gratuito no Parque Mãe Bonifácia

Maria Arcilene é mato-grossense, mas viveu na Europa por mais de vinte anos. Por lá, formou-se em letras na Suíça e em psicologia em Paris, antes de voltar ao Brasil, onde estudou fisioterapia em João Pessoa, além do curso de pilates. Passou a morar em Cuiabá com a família e inaugurou sua clínica há dois anos, onde trata todos os tipos de dores e traumas.

Maria Arcilene (Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto)

“Eu trabalho com o pilates porque ele é um ótimo recurso da fisioterapia”, declara. “As pessoas pensam que é só uma forma de exercício e alongamento, e não é verdade”. A fisioterapeuta é também especialista em coluna vertebral, e trata principalmente hérnias de disco.

Mas o pilates também é indicado para pessoas que tem fibriomialgia e até mesmo problemas respiratórios, como asma. “Trabalha com a respiração diafragmática, e toda base é respiração durante os exercícios. Ele é um método incrível, porque é seguro para todas as pessoas, de crianças a partir de quatro anos de idade até idosos, e principalmente para idosos, que têm problema de equilíbrio. O pilates trabalha o equilíbrio, a respiração, a coordenação motora... É prevenção e qualidade de vida”.

A Arci Clinic possui duas sedes, sendo uma no CPA I, e outra no bairro Quilombo. Na equipe, além de Maria Arcilene, trabalham também as fisioterapeutas Jéssica e Simone. Além do pilates, também são oferecidos tratamentos como osteopatia, quiropraxia, liberação miofacial, ventosoterapia e com aparelhos.

Clínica no Quilombo (Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto)

Clínica no CPA I (Foto: Arquivo Pessoal)

Cada sessão é feita individualmente ou, no máximo, em grupos de duas pessoas. “Eu não trabalho com turma porque a demanda no meu estúdio é de pessoas com dores, então é impossível trabalhar uma turma toda com dores diferentes. Tem que ser exercícios específicos”, explica.

Desta forma, as profissionais conseguem reabilitar os pacientes de forma rápida e segura, e exercitando de forma conjunta o corpo e a mente. “Eu trabalho com o pilates como reabilitação, e ele é um dos recursos da fisioterapia, o que as pessoas não entendem. Quando o médico manda fazer fisioterapia: o pilates, quando feito com fisioterapeuta, é fisioterapia!”, garante. “Trabalhamos flexibilidade e fortalecimento, e ele tem os princípios de fluidez, respiração, coordenação e centralização”, finaliza.

Jéssica e Simone (Foto: Arquivo Pessoal)

Serviço

Arci Clinic
Endereço 1: Av. São Sebastião, 2904 - Sala 2 - Bairro Quilombo
Endereço 2: Rua Alenker, 13 - Sala 6 - CPA 1
Email: arciclinic@gmail.com
Informações: (65) 99256-6505
Instagram

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet