Olhar Conceito

Sábado, 31 de outubro de 2020

Notícias / Literatura

Jornalista de Cuiabá lança livro de poesias bilíngue com influências de Neruda

da Redação - Isabela Mercuri

17 Dez 2019 - 14:05

Foto: Olhar Conceito

Antonio P. Pacheco

Antonio P. Pacheco

O jornalista de Cuiabá Antonio Perez Pacheco, 56, lança, nesta quinta-fera (19), seu livro de poesia ‘Versos náufragos em rio sem margens’. O lançamento acontece a partir das 19 horas na livraria Janina do Pantanal Shopping. Com tiragem de 3 mil exemplares e edição da Carlini e Caniato, a obra será vendida por R$30.

Leia também:
Livro traz historia de 20 mulheres empreendedoras de Mato Grosso

Antonio P. é goiano, mas vive em Cuiabá há mais de trinta anos. Sua primeira poesia foi escrita aos treze. “A literatura sempre fez parte da minha vida. Na verdade, ela foi minha grande formadora como ser humano. Eu aprendi a ler ainda muito pequeno, fui alfabetizado antes de ir para a escola”, contou ao Olhar Conceito. Suas primeiras lembranças com as letras são com as revistas de fotonovela da mãe, e formam os livros, também, que lhe ajudaram quando ficou órfão de pai.

‘Versos náufragos’ é resultado de um projeto realizado em parceria com escritores de toda a América Latina. Há dois anos, Antônio começou a formar uma rede de contatos e, a partir disso, sentiu a necessidade de fazer algo que quebrasse as barreiras entre o Brasil e a América Espanhola.

“Ainda no ano passado eu comecei a escrever mais poemas em espanhol, e observei que fora do Brasil o que eu escrevia tinha muito mais impacto do que aqui dentro. A receptividade era muito maior. E aí e comecei a juntar alguns poemas que eu achava que valia a pena fazer a tradução”, lembra.

Foi nesta época que Ramon Carlini procurou o autor, interessado em publicar um livro seu. “Apesar de eu ter outros livros de poesia prontos, eu pedi a ele um tempo para pensar em alguma coisa, e achei que seria a oportunidade ideal para lançar este livro-ponte com a América Latina”. A proposta, então, foi de que a publicação fosse em português e em espanhol, e a editora aceitou.

Para escolher os poemas que entrariam neste livro, o escritor buscou textos de até trinta anos atrás, e percebeu que os que foram escolhidos tinham uma relação muito forte com o mar – algo curioso, visto que Antonio nasceu e se criou longe da praia, e só foi conhecer o mar aos 38 anos.

“Eu vim perceber nesse processo a forte influência que o Pablo Neruda exercia sobre a minha poesia ao longo destes anos. E eu achei isso bem bacana”, conta. “Principalmente da sua fase mais romântica, e depois com o memorial da Isla Negra, que é uma biografia. Uma coisa que é muito forte, e isso transparece no livro. Quem conhece a obra do Pablo Neruda vai identificar essa influência escancarada”, confessa.

Além da influência de Neruda, outro aspecto diferente, para o autor, é o romantismo. “Numa era em que ser romântico é ser brega, ser fora do seu tempo, antiquado, esse é um livro desbragadamente romântico. Fala de encontros e desencontros do amor, o amor idealizado, o amor realizado, o amor frustrado, as partidas súbitas, os amores que acabam antes de começar, ou que começam e não terminam... tem tudo isso nesse livro”. As histórias, no entanto, não são autobiográficas.

O livro tem 96 páginas e cerca de 40 poesias, em português e em espanhol. A ideia é lançá-lo também em outros estados e em outros países da América Latina, depois que for realizado o primeiro encontro dos escritores do grupo. “Há um mercado gigantesco para literatura, e infelizmente a literatura latino-americana é muito pouco explorada no continente. A gente consome muita literatura americana e europeia, e consome quase nada da nossa própria literatura. Nos países de língua espanhola a realidade é um pouco melhor”, declara.

Recentemente, na última Bienal do Livro realizada no Rio de Janeiro entre 3 e 12 de setembro, Antonio lançou a ontologia ‘Ferro & Fogo’ pela Lura Editorial, de São Paulo. Em janeiro, lançará também seu primeiro romance, ‘Desolação’, em formato e-book pela Amazon.

Serviço

Lançamento: “Versos náufragos em rio sem margens” – Antonio P. Pacheco
Local: Janina – Pantanal Shopping
Horário: 19 horas

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet