Olhar Conceito

Quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Notícias / Cuiabá 300 anos

Prefeitura resgata Festival de Siriri nos 300 anos da Capital e terá apresentação de oito grupos

Da Redação - José Lucas Salvani

04 Mar 2019 - 15:02

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Flor do Atalaia

Flor do Atalaia

Já foram selecionados os oito grupos que irão participar do 13º Festival de Siriri, que será realizado nos dias 26, 27 e 28 de abril no Espaço Liu Arruda, no Museu do Rio, em Cuiabá. Dentre os grupos selecionados estão, o Flor Ribeirinha, Flor do Atalaia e outras seis equipes escolhidas com base em sua relevância para a tradição.

Leia mais:
Festival de Siriri acontece em abril em Cuiabá e Prefeitura busca empresa para gestão do evento

Os grupos escolhidos são provenientes dos diversos quintais de “cuiabania”. Além dos já citados, também irão participar os grupos Flor do Campo, Flor do Cerrado, Raízes Cuiabanas, Coração Franciscano, Voa Tuiuiú e São Gonçalo Beira Rio.

Segundo o secretário adjunto de Cultura, Justino Astrevo, os anos dedicados por cada grupo à cultura do Siriri foi um dos quesitos para sua seleção. Inicialmente, foi pensado em fazer etapas por inscrição, mas por conta do momento de resgate, o secretário explica que é mais relevante selecionar os oitos grupos já consolidados nessa tradição.

“Avaliamos da melhor forma os critérios de seleção, fizemos a elaboração do projeto, alinhamos com os grupos as diretrizes do Festival, para que tudo seja retomado com a maior qualidade possível, seguindo as deliberações do prefeito e também da primeira-dama, que tem estado à frente de muitas ações de cunho social e cultural”, ressalta Astrevo.

A edição é comemorativa aos 300 anos de Cuiabá. Segundo o secretário adjunto de Cultura, “nesta edição, o Festival retoma suas origens, estimulando a participação de grupos raízes de Cuiabá, unindo o momento de resgate desse tradicional Festival ao marco dos 300 Anos da Capital”.

Gestão

Logo no início de fevereiro, a Prefeitura de Cuiabá abriu um processo licitatório para a contratação da empresa que fará a gestão do evento. A análise das empresas acontece no dia 13 de março, às 14h30, na sala de reunião dos Conselhos da Secretaria Municipal de Esporte, Cultura e Turismo. O edital de chamamento público pode ser acessado aqui.

Segundo informações da assessoria da prefeitura, a empresa escolhida receberá um recurso de R$ 350 mil para executar o projeto. O valor cobre gastos de serviços como assessoria jurídica, produção, licenças, contratação de empresas e artistas, locação de arquibancadas, decoração, dentre outros. O dinheiro é oriundo da Fonte 100 e configura também como ajuda de custo para os grupos de Siriri participantes.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet