Olhar Conceito

Sexta-feira, 30 de outubro de 2020

Notícias / Gastronomia

Mistura de tradição com inovação é segredo do sucesso de família dona de padaria em Cuiabá

Da Redação - Isabela Mercuri

03 Mar 2019 - 14:02

Foto: Rogério Florentino Pereira/Olhar Direto

A filha Fernanda (esq.), e os pais Ilma Tavares e José Alves

A filha Fernanda (esq.), e os pais Ilma Tavares e José Alves

O mineiro José Alves, 58, sempre trabalhou com pães, desde que vivia em Belo Horizonte, passando por uma empresa de um tio no interior de Mato Grosso, até suas próprias empresas. Recentemente, inaugurou mais um empreendimento, o ‘Estação do Café’, no bairro do CPA e, desde então, viu seu público aumentar ainda mais. A receita? Tradição e conhecimento dele, e uma pitada de inovação trazida pela filha, Fernanda Tavares, que incentivou a investir em novos produtos e nas redes sociais.

Leia também:
Com R$500 no bolso, gaúcha começa a vender hot dog e sonha em abrir cafeteria em Cuiabá

“A gente já tem padaria desde 79, desde Belo Horizonte eu já mexia com pão”, contou José ao Olhar Conceito. “Eu me empreguei numa padaria em BH, numa panificadora de uns italianos, e comecei a trabalhar com eles. E eu tenho um tio que mora em Mato Grosso e foi passear lá em casa. Ele tinha um posto de gasolina e uma padaria numa cidadezinha do interior, e me chamou: quer ir trabalhar comigo em Mato Grosso? E a gente veio. Trabalhei com ele uns seis meses, comprei a padaria dele, e comecei”.

Do interior, a família veio para Cuiabá, onde continuou no mesmo ramo. Só na Avenida Brasil, no CPA, as três padarias existentes já foram deles. Em 1987, expandindo os negócios, eles chegaram a criar a marca ‘Pão da Casa’, e a produzir pães de forma. Os produtos ainda hoje são vendidos por toda Cuiabá, mas em 1997 a família vendeu a fábrica, fez as malas e foi viver nos Estados Unidos.

"Por incrível que pareça, lá também trabalhei com padaria. Eu cheguei, conheci uma padaria, uma indústria grande, e fui convidado pra trabalhar. Ficamos um tempo lá, mas depois a saudade foi ficando muito grande. Temos família aqui... eu sou de uma família tradicional, de doze irmãos, aí a gente acabou voltando. Chegamos aqui e fomos trabalhar com padaria novamente”, lembra José.

Tudo continuou no mesmo ‘rumo’, até que ele foi convidado para mudar totalmente de área, e decidiu vender placas de cimento. Não durou muito. Logo que um colega, que era dono da padaria ‘Crocante’, o pediu para que comprasse seu negócio, ele não resistiu e voltou aos pães.

Bolo de arroz tradicional (Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto)

Desta vez, no entanto, pediu a ajuda da filha, Fernanda Tavares, que estava morando em São Paulo. Ela veio, e ficou responsável pelo primeiro ‘Estação do Café’, que abriu as portas há três anos e meio. Poucos meses depois, a família comprou também a matriz, no CPA3.

O conhecimento de José, então, uniu-se com as inovações propostas por Fernanda e seu marido, e também com a ajuda de um cliente, Marcos, que trabalha com mídia digital e se ofereceu para coordenar as redes sociais do grupo. Em dez dias, os seguidores no Instagram aumentaram de 526 para 1500.

Além dos sorteios e outras técnicas, um dos grandes motivos foi que o Estação do Café passou a produzir novos produtos, como o ‘capuccino de nutella’. “A gente fazia só o capuccino frozen, que era um pó pronto que a gente batia com leite e gelo. E como a tarde é muito quente, os clientes começaram a pedir coisas diferentes. Eu comecei a fazer testes, e fiz esse de nutella, deu certo, depois de oreo, de doce de leite com paçoca e de ovomaltine. E deu muito certo”, conta Fernanda.

Além das novidades, no entanto, o tradicional também faz sucesso: todos os dias são vendidos cerca de cinco mil pães franceses e 50kg de bolos de queijo cuiabano. O bolo de arroz, feito tradicionalmente no pilão, também é sucesso.

Mais novidades

A partir do início do mês de março, a família pretende investir em mais uma inovação: uma espécie de delivery de café da manhã, somente para condomínios fechados. “Vamos começar no condomínio onde a gente mora, que tem 370 moradores, os imóveis são horizontais, e a dificuldade é que fica longe de tudo. Não tem mercado, não tem padaria, não tem nada perto. Então eu chamei o síndico, tivemos uma conversa, e falei que queríamos inovar: eu quero ir até eles”, explica.



Com a nova fórmula, o cliente do condomínio poderá fazer o pedido até as 21h da noite anterior, de coisas simples de café da manhã, como leite, café, açúcar, pão e frios. “Esses produtos serão preparados na madrugada, pedido a pedido, etiquetado com o nome da pessoa, e ela vai retirá-lo na minha residência, no horário que combinar”, finaliza.

Serviço

Estação do Café
Endereço: Av Brasil, 430 – CPA 2
Matriz: Rua 8, quadra 14, número 25 – CPA 3, setor 5 (Final da feira do CPA 3)
Horário de funcionamento: das 5h30 às 21h30 de segunda a sábado; Domingos e feriados: das 5h30 às 12h
FAN PAGE / INSTAGRAM

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet