Olhar Conceito

Quinta-feira, 20 de junho de 2024

Notícias | Turismo

comunidades tradicionais

Novas rotas integram vivência pantaneiras e quilombolas ao ecoturismo em MT

Foto: Reprodução

Novas rotas integram vivência pantaneiras e quilombolas ao ecoturismo em MT
Rotas turísticas que integram vivências pantaneiras em Poconé, quilombolas em Mata Cavalo, em Nossa Senhora do Livramento, e roteiro cultural em Cáceres, serão incluídas pelo Governo de Mato Grosso para promover o turismo mato-grossense. Os novos roteiros foram apresentados pelo Sebrae-MT no Salão Nacional do Turismo, em Brasília (DF), neste fim de semana, frutos de parceria com o Estado. 


Leia também 
Cuiabano que deixou serviço público para investir no mundo do café, é único do Brasil em campeonato mundial

“A parceria do público e privado é o que faz nosso turismo ir para frente. Com o produto já formatado, o Governo pode colocar na prateleira e divulgar nas feiras nacionais e internacionais, e em todos os meio on-line e off-line. É muito importante o desenvolvimento desses produtos para que a gente possa mostrar todas as belezas e experiências que temos para vivenciar”, destacou a superintendente de Política de Turismo da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Maria Letícia de Arruda Moraes Costa.

Conforme a consultora de turismo do Sebrae, Regiane Pasquali, a proposta do Sebrae para a criação dos novos produtos de turismo foi envolver dois programas que estão em andamento: o Pró-Pantanal, que está há três anos atuando no território, e o Agentes de Roteiros Turísticos, identificados por meio de consultoria técnica. 

“A gente vende muito bem natureza, mas ainda não vende a cultura, o homem pantaneiro, a forma de vida e o saber fazer. Usamos esses elementos e transformamos em roteiros turísticos, inclusive para dar oportunidade para comunidades tradicionais, como a comunidade quilombola de Mata Cavalo, e dar valor às produções locais. Estamos colocando esses produtos nas prateleiras das agências, tanto o roteiro cultural de Cáceres quanto dos quilombolas”, explicou a consultora de turismo.

A agência mato-grossense Five Adventure é uma das empresas que buscam oferecer experiências de turismo sustentável, relacionadas aos ecossistemas naturais, patrimônios históricos e culturais, gastronômicos, esportivos e científicos.

Para o proprietário, Willian Marques, existe uma demanda nacional por novos roteiros e novas experiências. Para ele, os turistas não querem apenas pescar em Cáceres, mas ter as vivências relacionadas à comunidade.

“A gente conseguiu incluir tanto a gastronomia quanto os aspectos culturais e o Pantanal como um todo. É importante nós levarmos essa cultura, mostrar o artista plástico, a ceramista, o Lourenço da Viola de Cocho. Todos esses produtos são experiências e vivências do Pantanal que estavam faltando, e que o pessoal tem procurado muito. Nós já realizamos alguns fantours, presstrips com alguns turistas, e vemos que os roteiros já foram validados e a demanda tem muito a crescer".
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet