Olhar Conceito

Terça-feira, 17 de maio de 2022

Notícias | Gastronomia

Casa Nonna

Restaurante de Cuiabá aposta em comida italiana “de vó” sem uso de processados

Foto: Reprodução

Restaurante de Cuiabá aposta em comida italiana “de vó” sem uso de processados
Após o Casarão da Dega, Cristiane Dorileo agora trilha um caminho sozinha. Empreendedora, ela resolveu apostar em um novo negócio cujos pratos principais vieram da gastronomia italiana, com um toque de “comida de avó”, sem o uso de qualquer ultraprocessado. A Casa Nonna tem como proposta levar aconchego e nutrientes aos clientes por meio da comida afetiva.

Leia também:
Cacique Raoni é homenageado em samba de enredo da Gaviões da Fiel; ouça

“Começar a Casa Nonna sem minha mãe e na pandemia foi um desafio. Hoje ver esta empresa consolidada e crescendo me dá a certeza que minha essência está em tudo que me propus a fazer. Tudo é feito com amor, dedicação, intensidade e muita essência. Ver a Casa Nonna contribuindo com todos as pessoas envolvidas, colaboradores e fornecedores é uma dádiva”.



A Casa Nonna surgiu logo nos primeiros meses da pandemia do novo coronavírus, quando o cenário ainda era inédito não somente para Cristiane Dorileo, como também para o resto do mundo. Cristiane não se sentiu intimidada e juntou forças para que o seu negócio tivesse prosperidade, apostando inicialmente apenas em um sistema de delivery — setor que acabou se beneficiando muito pelos momentos de isolamento social.

Apesar do setor fomentado, a empreendedora se viu desafiada. O principal objetivo de Cristiane foi encontrar formas de poder entregar aos seus clientes uma boa comida italiana que não fosse afetada pelo delivery, sem a necessidade de se apoiar em produtos processados, industrializados ou com conservantes. Uma das soluções encontradas, por exemplo, foi a produção de massas diárias artesanalmente, como fettuccine e ravioli, ambos oferecidos pela casa.



“É uma comida que aquece a alma e é afetiva. Tem lembranças de comida de avó e de casa. Comida de casa não tem ultraprocessados, não é mesmo? Quando você precisa congelar ou manter em uma refrigeração baixa, você depende de produtos químicos. Foi um desafio muito grande embalar isso também”, pontua em entrevista ao Olhar Conceito.

O carro-chefe da Casa Nonna é a parmegiana, seguido pelo fettuccine acompanhado de filé e os raviolis, disponíveis de massa de espinafre com mussarela de búfala, recheado com queijo brie e damasco, além de outros recheios. Ainda é possível encontrar lasagne alla bolognese, polpetone recheado, gnocchi, escalope de filé com arroz à piemontese, risoto caprese, bracciola com arroz e batata, entre outros.
 

Quase dois anos se passaram e Cristiane viu a necessidade de oferecer um espaço para o público. Quando menos esperava, viu alguns clientes simplesmente sentando e comendo o prato que havia pedido para a retirada. Assim, pensou em um espaço para que essas pessoas possam ter a experiência gastronômica na própria Casa Nonna, de forma que transmitisse afeto e aconchego. Essa mudança aconteceu há cerca de três meses.

“Nós vivemos no mundo corrido da internet. A gente não tem mais essa coisa de abraçar. Então a proposta é que você não se sinta apenas em um restaurante, mas em um pedacinho em sua casa, acolhido pelo atendimento, decoração e comida. [A ideia] é sair daquela correria normal e restaurantes grandiosos. Que seja um momento de pausa”.



Atualmente, a Casa Nonna abre de terça a domingo, entre 10h e 14h30, localizada na Rua 24 de Outubro, número 788, bairro Popular. Em fevereiro, o espaço ficará aberto também no período da noite entre 19h e 22h30.

“Retornar à rua onde eu comecei foi muito especial, um presente divino. [A Casa Nonna] me faz entender que o essencial é simples e o amor  transcende qualquer desafio. Nosso grande presente pra Cuiabá é continuar aquecendo almas por meio dessa comida que exala amor. Obrigada por nos acolher tão bem, Rua 24 de Outubro. Continuaremos honrando nossa história”.

Siga a Casa Nonna no Instagram.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet