Olhar Conceito

Terça-feira, 17 de maio de 2022

Notícias | Política Cultural

Disponível no YouTube e Spotify

Podcast cuiabano conta a história dos Paiaguá, guerreiros do Rio Paraguai

Foto: Reprodução

Podcast cuiabano conta a história dos Paiaguá, guerreiros do Rio Paraguai
O Palácio Paiaguás, atual sede do governo de Mato Grosso, é símbolo do planejamento urbano de Cuiabá. O edifício foi o primeiro órgão público da região conhecida como Centro Político Administrativo (CPA), mas poucos sabem que o nome dado ao local é originário de uma etnia que já foi extinta. A história desse povo é contada no podcast “Palácio Paiaguás e a Guerra (In)justa”, contemplado pelo Edital Movimentar Cultura, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso (Secel-MT).

Leia também:
Morador de VG viraliza com churrasco grego no TikTok; negócio começou há um ano
 


Durante o século XVIII, os Paiaguá, conhecidos como hábeis canoeiros, entraram em confronto com os colonizadores e suas monções, principalmente nos afluentes do Rio Paraguai. Os enfrentamentos ganharam status de guerras justas nas narrativas dos vencedores.

O podcast, produzido por Angélica Almeida e Arthur Santos, conta com a participação da professora doutora Thereza Martha Borges Presotti Guimarães, que faz parte do departamento de história da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Cabe a Thereza Martha, especialista na área de História Colonial do Brasil,  relatar sobre a etnia.

Angélica e Arthur começaram a produzir podcasts em 2021, durante a pandemia da Covid 19. Os episódios são publicados no canal Humanos e Vulcões, disponível em diversas plataformas de áudio. A história sobre os Paiaguá, que recebeu financiamento do edital Movimentar, se diferencia dos trabalhos anteriores da dupla por ir além do formato de entrevista até então utilizado.

O produto foi lançado no dia sete de janeiro e está disponível de forma gratuita nas principais plataformas de reprodução de áudio. Além do YouTube, é possível ouvir o episódio também no Spotify.



Com assessoria.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet