Olhar Conceito

Quinta-feira, 02 de dezembro de 2021

Notícias / Cinema

Lançamento na próxima sexta

Documentário sobre Regina Pena mostra diversas fases da artista; veja trailer

Da Redação - José Lucas Salvani

18 Out 2021 - 14:30

Foto: Reprodução

Documentário sobre Regina Pena mostra diversas fases da artista; veja trailer
O documentário “O Voo de Regina Pena” mostrará diversas faces e fases da artista, da pintura em tela a arte digital. Previsto para ser lançado na próxima sexta-feira (22), a obra é resultado de uma pesquisa realizada pelo diretor Laércio Miranda sobre as características da arte da pintora, desenhista, objetista e poetisa cuiabana que desde os anos 1970 se fez presente na cena artística da capital.

Leia também:
Rivenditori Esperienza confirma presença de duo eletrônico Elekfantz

“O Voo de Regina” ainda resgata muitos momentos marcantes da artista através dos depoimentos de outros grandes nomes das artes como Gervane de Paula, Aline Figueiredo, Humberto Espíndola e Vera Capilé. Assista ao trailer abaixo.



Além do filme, também será lançada uma exposição virtual com obras inéditas recuperadas dos arquivos de Regina após o seu falecimento no ano passado. No endereço eletrônico, cuja curadoria das obras ficou sob responsabilidade de Ruth Albernaz, o público poderá aprender muito mais sobre a trajetória artística de Regina Pena.

"Contamos com a participação de todos e todas aqueles que amam as artes mato-grossenses. Sabemos que Regina Pena é uma artista de grande quilate, queremos enaltecer sua vida, sua obra e expandir o seu trabalho a todos os cantos do mundo", convida o diretor do filme Laércio Miranda.

Regina Pena

Nascida em Cuiabá, em 1952, Maria Regina Curvo Alvim Penna começou a explorar o universo das artes plásticas de maneira autodidata e, em 1972, foi ao Rio de Janeiro estudar pintura e desenho no Instituto de Belas Artes. Foi orientada por Humberto Espíndola e estudou História da Arte com Aline Figueiredo, em 1974. Participou de várias exposições coletivas no Museu de Arte e de Cultura Popular da UFMT e também promoveu exposições solo, além de lançar o livro "Voo Solo", em 2015.

Diagnosticada com esclerose múltipla em 2006, Regina foi aos poucos aposentando as tintas e os pincéis e transferindo seus conhecimentos artísticos para novas plataformas. Começou a desenhar digitalmente com a ajuda de tablets e destacou-se como uma das grandes artistas digitais do país.

Faleceu no dia 20 agosto de 2020, aos 68 anos e deixou um legado de superação, resiliência e de amor à terra em que nasceu.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet