Olhar Conceito

Quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Notícias / Carreira

Espero usar essa posição para apoiar a igualdade de gênero, diz cuiabana vice-presidente da Coca

da Redação - Isabela Mercuri

15 Fev 2020 - 14:06

Foto: Reprodução / Ilustração

Espero usar essa posição para apoiar a igualdade de gênero, diz cuiabana vice-presidente da Coca
Foi há vinte e seis anos que a cuiabana Poliana Sousa deixou a cidade natal para começar a investir em sua carreira. Na época, mudou-se para os Estados Unidos, onde ganhou uma bolsa para estudar administração de empresas na Iowa State University. O resultado veio logo: foram dezenove anos trabalhando na P&G e, nesta semana, ela foi a primeira mulher brasileira nomeada para o cargo de vice-presidente de marketing da Coca-Cola Brasil. Seu objetivo, além de consolidar sua equipe como “o melhor time de marketing dentro da Coca-Cola e referência dentro do Brasil” é continuar apoiando a igualdade de gênero.

Leia também:
Cuiabana é a primeira mulher brasileira a assumir a vice-presidência da Coca-Cola Brasil 

Para Poliana, chegar onde chegou é uma responsabilidade, já que a fez uma referência para diversas meninas e mulheres. “Eu acho que é uma oportunidade maravilhosa que a empresa me deu para poder representar essas mulheres, e é uma aposta grande nossa para poder continuar desenvolvendo talentos femininos, e ter certeza que mais e mais a gente tem igualdade de gênero em todos os níveis da companhia e do sistema Coca-Cola no Brasil”, afirma.

A pauta não é nova para a cuiabana, que luta pela igualdade de gênero desde que trabalhava na P&G, e continuou enquanto diretora de Marketing na Coca – cargo que ocupava desde agosto de 2018. “Desde que eu cheguei como diretora de Coca-Cola Trademark eu montei um grupo de liderança feminino, onde a gente se reunia como líderes, diretoras para cima, pra discutir todas as oportunidades que a gente tinha, como a gente se ajudava uma a outra a construir uma rede de apoio... realmente criamos uma sororidade pra todo mundo se ajudar para continuar crescendo e enfrentando os desafios que a gente tem como mulher”, lembra.

Diversos objetivos foram alcançados: “A gente tem visto um progresso incrível na liderança, e mais e mais mulheres sendo promovidas a cargos de liderança da companhia, que é em linha com a pauta mundial da empresa. Eu espero agora, como vice-presidente de marketing, usar esse papel e essa posição pra continuar essa jornada e continuar apoiando a igualdade de gênero em todos os níveis do sistema Coca-Cola, não só da Coca Cola Brasil, mas também dos nossos fabricantes e parceiros”.

Poliana ainda tem família em Cuiabá e Chapada dos Guimarães. Por aqui, estudou no Colégio Master, e desde que saiu, em 1994, no entanto, não voltou mais para morar. Logo após a faculdade, nos EUA, já foi contratada pela P&G, em 1999, onde passou dezenove anos. Ocupou cargos em várias unidades de negócios nos Estados Unidos e Porto Rico. De volta ao mercado brasileiro, em 2009, trabalhou com as principais marcas da P&G como Gillette, Koleston, Pampers, Oral-B e Duracell. Ainda na P&G, Poliana ocupou o cargo de Diretora de Marketing, Comunicação e Mídia de 2015 a 2018, quando foi contratada pela Coca-Cola.

Agora, ela assume a posição de vice-presidente imediatamente, e os objetivos não acabaram. “Eu estou feliz nessa posição, espero gerar essa continuidade no Brasil com a liderança de marketing. Meus planos são fazer um bom trabalho com o time e entregar resultados ainda mais significativos para a companhia e pros nossos shareholders no mundo inteiro, o Brasil continuar sendo uma referência para o mundo da Coca-Cola e consolidar a equipe de marketing da Coca-Cola Brasil como o melhor time de marketing dentro da Coca-Cola e referencia dentro do Brasil”, finaliza.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet