Olhar Conceito

Domingo, 15 de dezembro de 2019

Notícias / Dr. Elson Adorno - Cirurgia Plástica

Cirurgião explica como funciona a bioimpedância para acompanhamento do corpo saudável

Dr. Elson Adorno

22 Out 2019 - 08:16

Foto: Reprodução / Tua Saúde

Cirurgião explica como funciona a bioimpedância para acompanhamento do corpo saudável
Atualmente diversos especialistas acompanham os paciente para atingir o corpo ideal, primeiro buscando uma vida mais saudável sem doenças e segundo, melhorando a estética e auto-estima dos pacientes.

Leia também:
Médico explica como conseguir a harmonia do nariz sem cirurgia

Além da avaliação física e medidas corporais existem diversas tecnologias no mercado que nos auxiliam neste acompanhamento e tratamento. A bioimpedância é um dos aparelhos mais utilizados neste processo.

Além da avaliação da composição corporal, de líquidos, massa magra e massa gorda, a bioimpedância faz um escaneamento corporal, com avaliação nutricional, a quantidade de proteínas, de minerais ósseos e não ósseos. Assim, conseguimos obter um ponto de saúde para o paciente e orientar a alimentação e a suplementação, quando necessária, de maneira individualizada.

Com o avanço e modernização dos aparelhos, conseguimos detalhar ainda mais a porcentagem de massa magra e gordura por segmentos, dividindo o corpo em cinco cilindros (tronco, membro superior direito, membro superior esquerdo, membro inferior direito e membro inferior esquerdo). Um diferencial das máquinas mais modernas.

Na cirurgia plástica sempre acompanhamos o paciente com a bioimpedância, principalmente em cirurgias de contorno corporal (Vibrolipoaspiração, Abdominoplastia e Mamoplastias).

Sempre orientamos que oscilações e alterações na composição de gordura corporal podem fazer com que o paciente perca o resultado cirúrgico. Antes de fazer a sua bioimpedância certifique que ela consiga avaliar seu corpo por segmentos conforme a figura abaixo, individualizando mais o seu caso permitindo que seu médico consiga um melhor planejamento para seus objetivos.


Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

*Elson Adorno é especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e em Cirurgia Plástica pelo MEC, preceptor do Programa de Residência Médica De Cirurgia Plástica do Hospital de Base de Rondônia, docente do curso de medicina do UNIVAG, diretor e coordenador do curso Advanced Trauma Life Support-ATLS, Núcleo Campo Grande/Cuiabá; instrutor do curso Pré Hospital Trauma Life Support, Núcleo Campo Grande; instrutor do curso Disaster Management and Emergency Preparedness Course- DMEP, Núcleo USP/HC-São Paulo e Instrutor do Curso Nacional de Normatização de Atendimento ao Queimado-CNNAQ.

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Redes Sociais

Sitevip Internet