Olhar Conceito

Quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Notícias / Artes visuais

Artista repudia censura a grafite de Greta Thunberg em MT: 'nunca olharam para esse lado da cidade'

Da Redação - José Lucas Salvani

01 Out 2019 - 17:00

Foto: Reprodução/Instagram

Artista repudia censura a grafite de Greta Thunberg em MT: 'nunca olharam para esse lado da cidade'
O artista Rai Campos, que também participou das intervenções artistas em Sinop, se manifestou por meio das redes sociais sobre a repercussão da ilustração do rosto de Greta Thunberg, pintado em um viaduto de Sinop. Ele questiona os moradores que se indignaram com as artes, perguntando porque não haviam restaurado o local antes da intervenção. Ele também aponta que a população local sequer se importava com o espaço e outros problemas em Mato Grosso, como as queimadas e o desmatamento.

Leia mais:
Após pressão de vereadores e população, grafite de Greta Thunberg será apagado em Sinop

“Vocês nunca olharam para esse lado da cidade. Vocês não se incomodam com as queimadas e suas consequências. Não se incomodam com a violência nas comunidades! Não se incomodam com a destruição da biodiversidade, dos alimentos e medicinas que estão queimando na Amazônia”, escreve nas redes sociais.

O caso está ganhando repercussão nacional por conta de um grafite no viaduto da comunidade São Cristóvão, em Sinop, com o rosto da ativista sueca Greta Thunberg, feita pelo artista Matias Souza. Parte da população do município se indignou com o conteúdo, o que resultou na pressão dos vereadores para que o conteúdo fosse apagado.

A arte foi em resultado ao 1º Encontro Internacional de Graffiti — Matograff, que reuniu artistas de toda a América Latina na cidade, entre 24 e 26 de setembro. Todo o viaduto localizado no bairro São Cristóvão foi pintado, incluindo o trabalho do artista Rai Campos, que trouxe o rosto do cacique Raoni. Até o momento, somente o rosto de Greta Thunberg será apagado.



O diretor de cultura do município de Sinop, Daniel Coutinho, defende que o rosto da ativista sueca não condiz com as regras do evento, que tem como tema principal a fauna e a flora. “Não será apagado devido à censura. Esse é um projeto de incentivo à cultura que foi feito pelos grafiteiros do município. E o tema é a fauna e a flora. Eles iam trabalhar elementos voltados à natureza, à floresta Amazônia, insetos, animais, enfim”, explicou.

Sobre a outra criança que estaria também representada, Daniel afirmou que tem um contexto que a justifica. “Essa criança está simbolizando um contexto dentro da Amazônia. Ela está com uma cuia, uma cobra, então é um contexto geral. Agora, o lance da imagem da polêmica é a Greta mesmo, por ela estar em evidência, ter toda essa situação política... então eu penso que se tivesse sido uma menina qualquer desenhada lá, estaria fora do contexto também, mas talvez não teria causado toda essa polêmica”.

Ato em defesa das artes

Os membros da Associação dos Docententes da Universidade Estadual de Mato Grosso (Adunemat) também se manifestaram em apoio ao artista Matias. Nesta quarta-feira (02), no viaduto do bairro São Cristóvão será realizado um ato em defesa da liberdade de exepressão artista. A ação se soma ao ato nacional em defesa da educação, que já estava programada para este dia.

25 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Alfio Mascaro
    03 Out 2019 às 16:51

    Pobre país que se apequena, gente tão medíocre, que empanca com coisas tão pequenas e não percebem e não lutam por algo grave que está sendo apontado por cientistas, por artistas, por intelectuais. Uma garota que se indigna com o que a ciência vem apontando em seus relatórios, que expõem o que está evidente com o nosso Planeta, que é um só Planeta. Somos cidadãos do mundo, a Greta representa uma juventude que acorda contra essa alienação da vida "moderna insustentável" a base de combustíveis fósseis, comida envenenada e destruição da biodiversidade do Planeta. Lamento muito pela visão estreita dos que estão alardeando contra o grafite do artista. Escutem os professores e cientistas, são pessoas que estudam e conhecem com ciência o que está posto como futuro. Particularmente lamento o ocorrido.

  • Antonio
    02 Out 2019 às 12:40

    Arte é demostrar através da pintura sentimentos , desejos , vontades . Ai me vem um de faz uma "arte" de uma estrangeira ativista sueca que nunca levantou o dedo para o pais dela e muito menos para o bradil , anda de Hiati E está preocupada com a Amazônia? A Greta esta sendo patrocinada por grandes barões do protecionismo, por multinacionais ambientalistas que tem interesses milionários..." "Tem muita hipocrisia, muita demagogia." Aí vem um pichador ops Grafiteiro indignado ? Sabem qual a área de reserva florestal da Suécia?É maior ou menor que a do Brasil?

  • CHEGA DE MILITANCIA IDIOTA!!
    02 Out 2019 às 11:09

    Greta e Raoni nao representa ninguém a nao ser eles proprios e suas devidas c/c.

  • Censura?
    02 Out 2019 às 11:00

    Censura? Não, não. Não é censura achar a pintura feia. Não é censura querer tirar ela. Não existe censura em coisa pública, em obra pública. Quer fazer uma exposição particular? Faça. Se isso for impedido, aí sim você pode começar a falar em censura. Tirar uma pintura feia, mal feita, que não representa em nada a cidade, isso não é censura. É direito.

  • Acabou
    02 Out 2019 às 10:52

    Vergonha de ter recebido esse “artista” em Sinop. Sinop pede perdão ao MT, ao Brasil e ao Mundo, mas, principalmente, para seus próprios cidadãos. Que pintura mais sem noção. Que “arte” mais desqualificada. Que patuscada. Sinop não merecia isso. E graças ao bom sensoriais voltou, vamos APAGAR essa horrível pintura ideológica de uma obra pública.

  • É mesmo é
    02 Out 2019 às 10:49

    Grande coisa o repúdio desse “artista”. Sinop é que repudia esse “artista” e essa pintura. Vocês terão o que merecem: a pintura será apagada, repintada. E quem achar ruim, que leve para sua cidade e lá sim, dê pitaco. Não mora aqui? Então fica quieto e aceita que já perderam: VAI SER REMOVIDA !!!

  • “Artista”
    02 Out 2019 às 10:45

    O tal “artista” pergunta o por que de não termos, enquanto cidadãos de Sinop, restaurado antes o viaduto. Respondo: é porque eu pago meus impostos para que o município assim o faça, e se não fez isso não autoriza você ou qualquer outro “artista” vir aqui e achar que manda e que pode pintar o que quiser. Então, engula o recado: fora greta e fora você e seu colega. Perdeu. Vai ser removido. Tchau querido. Já era. Aqui não. Vai procurar sua turma. Não é aqui. Aqui você não é bem vindo, nem a sua “arte”. Vaza!

  • Sinopense
    02 Out 2019 às 10:41

    É duro ver gente de outras cidades querendo taxar os sinopenses disso ou daquilo. Quem está aqui tem direito de escolher o que quer e principalmente o que não quer ver estampado em obras públicas. Quem é de fora quer mandar no que devemos ou não gostar. Querem mandar no que devemos ou não ter pintado em obras públicas. Olhem que absurdo. Aí, nós é que somos taxados de facistas? Ora, ora, são vocês, de fora, que estão esbravejando e querendo impor suas vontades sobre nós. Isso sim é ser facista. Nós temos autodeterminação sobre assuntos internos. Se vocês querem tanto a pintura para vocês, tatuem-na em Vossos corpos, pintem-na em vossas cidades. Nós, como povo democrático, poderemos até discordar, mas não reclamaremos dessas atitudes. Façam com vossas cidades e corpos o que bem quiserem. Vocês, pelo contrário, ficam nos ofendendo e dizendo como temos que agir, pensar, sentir. Que insano da parte de vocês. Mas, vir dar pitaco aqui, dizendo o que podemos ou não fazer, e nos rotulando, AÍ NÃO CIDADÃO. Aqui NÃO é uma cidade de esquerda. Conformem-se, até esperneiem, mas não somos vermelhos. Não somos bajuladores de ambientalistas. Temos o direito de não sermos, ou não temos? Parem com essa ditadura de esquerda. Aqui não. Muitos desinformados da capital, infelizmente não sabem, ou fin

  • ARTE CANHOTA
    02 Out 2019 às 10:13

    O tema era: a fauna e flora do regional. A foto desta garota só mostra o nível de hipocrisia dessa gente canhota. A guria é filha de gente rica, nascida em berço de ouro, não é vitima de ngm a nao ser dos proprios pais e de George Soros que estao usando de sua ingenuidade para gritar pelo meio ambiente eqto isso faz propaganda das empresas de George Soros voltadas para o segmento de energia renováveis. Atrás de uma "boa causa" há sempre um comunista se dando bem!

  • alexandre
    02 Out 2019 às 09:17

    Mas a tinta de origem de petróleo, é toxica, Greta raivosinha não apoiaria isso ...vai tudo parar nos corregos...

Redes Sociais

Sitevip Internet