Olhar Conceito

Terça-feira, 15 de outubro de 2019

Notícias / Política Cultural

Artistas de toda a América Latina participam de encontro de grafites realizados pela Cufa em MT

Da Redação - Isabela Mercuri

22 Set 2019 - 15:28

Foto: da Assessoria

Artistas de toda a América Latina participam de encontro de grafites realizados pela Cufa em MT
Dois dos principais acessos ao município de Sinop (500km de Cuiabá), os viadutos da avenida Júlio Campos, na região central, e do São Cristóvão, ambos conectados pela BR-163, ganharam mais cor neste mês de setembro, com o  1º Matografaff, Encontro Internacional de Graffiti no Estado de Mato Grosso, realizado pela Central Única das Favelas (Cufa). Nos próximos dias 24 a 26, acontece a segunda fase do evento, com 15 artistas de toda a América Latina.

Leia também:
Celebra Sinop encerra programação com Desfile Cívico; mais de 36 mil pessoas participaram

O evento está programado para acontecer das 8h às 18h30 e terá, ainda, coleta e doação de roupas e atividades culturais no Viaduto São Cristóvão. A primeira etapa aconteceu entre 11 e 15 de setembro, e conta com o apoio da Prefeitura de Sinop, por meio de um projeto cultural aprovado que assegura o incentivo, a partir da aquisição de todos os materiais necessários para as artes.

"Essa é uma ação que dá vida a dois dos pontos de entrada ao município de Sinop e por meio da qual os artistas expressam suas interpretações. De igual maneira, é um momento de a população apreciar o trabalho dos artistas que encantam pelo graffiti. É uma convergência de ideias e valores e que também auxilia na difusão da arte e da cultura e que são prerrogativas do plano de governo da prefeita Rosana Martinelli", pontua o diretor de cultura de Sinop, Daniel Coutinho.

Thiago Sampaio, artista plástico responsável pelo projeto, destaca que a ideia surgiu de um sonho. "Inscrevemos o projeto Cores e Valores na Lei de Incentivo à cultura e, logo em seguida, recebemos o convite da Diretoria de Cultura para prolongar o projeto nos viadutos, onde decidimos convidar alguns amigos que conhecemos através do graffiti pelo Brasil e mundo para pintar e refletir sobre a Amazônia e questões ambientais. Iremos transformar os viadutos em verdadeiros museus à céu aberto, levando cultura e diversidade à população de Sinop, trazendo oficinas de qualidade para que ela possa se sentir capaz de mudar o local onde vivem".

"Trouxemos essa temática, que é o encontro da Amazônia, do Cerrado e do Pantanal, para poder influenciar um pouco e discutir a questão ambiental. O mato-grossense se identifica, as crianças conhecem e abre uma discussão a partir do momento em que estamos fazendo o graffiti e estamos pintando. Essa é uma realização filantrópica e sem fins lucrativos. Todos os artistas se propõem a vir com o próprio dinheiro do bolso e é um evento em Sinop. Primeiro encontro do graffiti em Mato Grosso e que está sendo realizado em Sinop", complementa.

Os artistas que dão vida às paisagens, usando como telas os dois viadutos, vêm de outras cidades de Mato Grosso, além de estados como Amazonas, Paraná, São Paulo, e outros países da América Latina, para a próxima agenda de pintura.

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Paolo
    22 Set 2019 às 19:15

    Capital do nortão...loucas pra serem mas NUNCA SERÃO.

Redes Sociais

Sitevip Internet