Olhar Conceito

Sexta-feira, 24 de maio de 2019

Notícias / Música

Hélio Flanders mescla música e poesias de Whitman em lançamento do selo literário ‘Arcada’

Da Redação - Isabela Mercuri

22 Abr 2019 - 17:32

Foto: Reprodução

Hélio Flanders mescla música e poesias de Whitman em lançamento do selo literário ‘Arcada’
O cantor Helio Flanders, natural de Cuiabá, mas que já ganhou o mundo nos vocais da banda Vanguart, volta a sua terra nesta terça-feira (23) para apresentar um projeto solo e participar do lançamento do selo literário ‘Arcada’, que acontece no Sesc Arsenal, a partir das 19h.

Leia também:
Karola Nunes lança primeiro álbum solo 'Somos Som' nesta sexta-feira

Com o show “Helio Flanders & as folhas de relva", o músico faz uma ode ao poeta estadunidente Walt Whitman. “Esse ano é o bicentenário dele, que nasceu em 1819 nos Estados Unidos. Whitman e é considerado o pai do verso livre, o primeiro cara que escreveu poesia de um modo mais livre com o livro de 1855, o ‘Folhas de Relva’ - que é um livro em que ele foi acrescentando anexos até 1892, quando morreu - e é um livro fundamental pra liberdade, pra democracia. Ele inaugurou muitas coisas numa pesquisa poética e humana no mundo, e eu vou levar um pouco dessa poesia dele pra Cuiabá”, explica o músico ao Olhar Conceito.

O lançamento do selo também abre a Semana Sesc de Leitura e Literatura 2019. Para Flanders, este é o ‘momento ideal’ para trazer seu trabalho para a cidade, no que ele chama de ‘despertar para novos escritores. “Acho que Cuiabá, pelo legado que tem por ter nascido Manoel de Barros aí, de ter tido escritores como o Dicke, Antônio Sodré, agora essa nova leva maravilhosa que vem desde os anos 80, com o Lorenzo Falcão, Eduardo Ferreira, agora o Danilo Fochesatto, o Júlio Custódio, Rodrigo Meloni, Jade Rainho, [que é] uma poeta maravilhosa também... e isso que tem gente que eu nem estou nem lembrando. Mas acho que Cuiabá vive um novo momento, que acontece de quando em quando, de despertar pros seus escritores, de uma poética forte que a cidade carrega”.

‘Helio Flanders & as folhas de relva’ é um dos projetos do cuiabano, que já lançou um álbum solo em 2015, chamado ‘Uma temporada fora de mim’. Desta vez, a apresentação é uma mistura de show musical, sarau e apresentação da literatura de Whitman. “O crossover entre uma coisa e outra da poesia dele dentro da minha, onde os versos meio que se misturam, os meus e os dele, muito pela influência dele no meu trabalho”, explica.

No repertório da apresentação estão musicas do projeto solo, como ‘Romeu’, ‘Dentro do tempo que eu sou’ e ‘Forasteiro’, algumas ‘lado b’ do Vanguart, como como ‘Quando eu cheguei na cidade’, e  leituras de poemas de Whitman. O show já foi levado para Recife, Porto Alegre e Belo Horizonte antes de chegar à capital mato-grossense.

“Foi no melhor momento que eu poderia fazer, para celebrar o lançamento do Arcada, que é um coletivo de escritores que estão lançando quatro livros simultaneamente agora, e que são pessoas que eu conheço há muito tempo, que eu admiro profundamente, que tem uma forte influência sobre mim, inclusive”, comemora Flanders. “E fazer em Cuaibá tem um apelo muito forte pra mim, obviamente, por eu ser daí, e da minha experiência poética com a cidade mesmo, que segue acontecendo todas as vezes que eu vou”.

Arcada



O Arcada é um selo literário criado por autores de Mato Grosso, que lança oficialmente o seu primeiro pacote de publicações (quatro livros), na abertura da Semana Sesc de Leitura e Literatura - 2019. Os livros são "Lá, onde uma porta jamais parou de bater" (contos, Danilo Fochesatto); "Você derrubou coisas pelo Caminho" (poesia, Júlio Custódio); "Distribuidora Falcão - versos no atacado e varejo" (poesia, Lorenzo Falcão); e "Coitado do homem cujos desejos dependem" (conto, Rodrigo Meloni). Na noite de lançamento, os autores vão autografar os livros, que serão vendidos separadamente a 20 e 15 reais. Interessados em adquirir o "pacote" pagam 65 reais.

Livros que serão lançados nesta terça (Foto: Assessoria)

Os livros foram produzidos de forma coletiva em todas as fases de uma publicação, desde a leitura conjunta de cada um dos originais e aplicação de alterações, escolha do papel, da capa e ilustrações, cores, conferindo ao pacote um visual identitário. Nesse processo de produção entrou também a estratégia de divulgação, com ênfase nas redes sociais, que implicou na criação de várias peças gráficas e audiovisuais.

Tais características sugerem o Arcada (leiaarcada.com) como um selo independente, mas, os autores/criadores do selo também definem a iniciativa como um conceito para autopublicações. O selo está aberto a publicação de outros autores.

Serviço

Lançamento dos livros do selo Arcada – Show solo de Hélio Flanders
Quando: 23 de abril, 19 horas
Onde: Sesc Arsenal, Rua 13 de Junho, S/N - Centro Sul, Cuiabá. 
Mais informações pelo site www.leiaarcada.com, ou pelo telefone (65) 99215-7672

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

Redes Sociais

Sitevip Internet