Olhar Conceito

Domingo, 05 de dezembro de 2021

Notícias / Turismo

ReESTRUTURAÇÃO

Chapada dos Guimarães deve experimentar um 'boom' cultural nos próximos meses

Da Redação - Max Aguiar

19 Abr 2013 - 09:30

Foto: Lucas Bólico/OD

César Oliveira representa a associação de comerciantes que organiza uma programação anual repleta de eventos, como o Blues Chapada

César Oliveira representa a associação de comerciantes que organiza uma programação anual repleta de eventos, como o Blues Chapada

Chapada dos Guimarães deverá, nos próximos dias, tomar novos rumos quando o assunto é programação turística e cultural na cidade. O pensamento de mudança e fortalecimento de um cenário estagnado parte da Associação Comercial e Empresarial da cidade, que pretende dar uma guinada no que tange à renovação da cidade. 

Chapada recebe sociedade à mesa; cardápio inclui gente bonita e música temática

A associação ressurge em 2013 pensando em reorganizar o que apresentava falhas. Um dos objetivos é reforçar os eventos culturais. “Estamos em conversa com os empresários e comerciantes de Chapada e já criamos uma diretoria para cuidar do eventos. Esses novos eventos vão fazer a cidade ganhar uma nova cara e ganhar novos turistas”, disse o presidente da associação Cesar Oliveira.

O que Chapada dos Guimarães precisa? Para responder isso, Cesar define em uma palavra: Reforma. “Vamos trabalhar para que Chapada tenha uma nova identidade quanto ao turismo. Nossas coisas boas não giram em torno da praça. Queremos vários pontos, com pessoas credenciadas para atender bem quem chegar até aqui. Chapada precisa de gente que gosta de tudo, mas para isso temos que oferecer todos os ritmos”, confirmou o presidente.

Ouras condições de melhorias para Chapada também envolvem os eventos que já fazem parte da programação anual.“Temos eventos todo ano sobre todos os ritmos. Mas precisamos fazer diferente. Não é apenas fazer o turista chegar aqui, gastar seu dinheiro e ir embora. Nós precisamos colocar os comerciantes para atender todos cada vez melhor para que a cidade possa ser lembrada em todo Brasil”, frisou Cesar.

Na programação de eventos para este ano, a associação já conta com o Blues Chapada que deve contar com participações de músicos do gênero, chefes de cozinha em mostras de gastronomia e bailarinos de vários ritmos. Além do Festival de Chapada que deve acontecer no meio do ano e outros shows que devem acontecer ainda no segundo semestre deste ano.

Além dos que foram citados, os membros da associação querem colocar eventos semanais para atender o público que mora nas cidades circunvizinhas. “Temos que criar mecanismos para atender pessoas de segunda a domingo. Todos os ritmos e com todos os gostos. Começando mais cedo e terminando mais cedo para não prejudicar ninguém”, finalizou Cesar Oliveira.

A associação dos Comerciantes de Chapada dos Guimarães conta com 35 filiados, mas com pensamento de até em junho deste ano ter cerca de 80 cadastrados.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet