Olhar Conceito

Terça-feira, 22 de setembro de 2020

Notícias / Comportamento

Cirurgião de MT leiloa abadá usado no BBB e arremata R$350 mil; vendas continuam

Da Redação - Isabela Mercuri

24 Mai 2017 - 11:00

Foto: Reprodução / Ilustração

Marcos Harter

Marcos Harter

O cirurgião plástico Marcos Härter, ex-bbb que mora em Sorriso (418km de Cuiabá) colocou abadás que usou em festas na casa à leilão. Em apenas uma das camisetas – a da festa gaúcha – ele conseguiu arrecadar R$350 mil. Outra blusa, a da festa México, continua aberta para ofertas no site Mercado Livre e, até o momento, a oferta mais alta é de R$50 mil.

Leia também:
Após agredir Emily física e emocionalmente, cirurgião de MT é expulso do BBB



Segundo o cirurgião postou em seu Facebook, o leilão começou no último dia 22, segunda-feira, e o valor integral será doado a instituições de caridade. Ele ainda explicou que serão leiloados três produtos a cada semana. O abadá da festa ‘Amazônia’ também atingiu o lance máximo e foi vendido, e o valor do abadá da festa 'gaúcha' foi divulgado pelo site Terra. 

Além do leilão, Marcos também anunciou em seu Facebook que está com a agenda aberta para atendimentos em seu consultório em Sorriso de 10 a 21 de julho deste ano.



Histórico

Natural do Rio Grande do Sul, Marcos escolheu trabalhar em Mato Grosso onde atende não só em Sorriso, mas também no eixo agrícola, entre Sinop, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e até mesmo na capital, Cuiabá, onde tem clínicas espalhadas. Na capital, ele já atendeu nos hospitais Santa Rosa, Santa Helena, São Matheus e Jardim Cuiabá. Em janeiro deste ano, ele foi um dos escolhidos para participar do Big Brother Brasil 17, reality show da TV Globo.

Dentro da casa, Marcos foi acusado de desrespeitar mulheres desde o início do confinamento. Pouco depois, se envolveu com a sister Emily, e chegou a ser um dos cinco finalistas do reality.

Antes da final, no entanto, ele e Emily tiveram uma discussão, e Marcos a agrediu física e psicologicamente. Por intervenção da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher do Rio (Deam), o cirurgião foi expulso da casa e chegou a prestar depoimento na delegacia. Emily foi campeã do programa. 

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet