Olhar Conceito

Sábado, 31 de outubro de 2020

Notícias / Artes Cênicas

Grupo Tibanaré cria núcleo de teatro livre para discutir formação do ator

Da Redação - Lidiane Barros

25 Ago 2013 - 17:13

Foto: Divulgação

Jefrerson Jarcem como Andarilho das Estrelas em apresentação na Praça Ipiranga

Jefrerson Jarcem como Andarilho das Estrelas em apresentação na Praça Ipiranga

Acostumado a ir onde o povo está, o Grupo Tibanaré continua inquieto e quem ganha é o teatro regional. A boa nova é a criação do Núcleo de Teatro Tibanaré que baseado pelo formato de curso livre, incentiva o processo de pesquisa voltada à formação do ator e também, de quem não é. 

Uma noiva de branco e outros personagens assombrados passeiam hoje pelo Centro Histórico

São apenas vinte vagas e o pré-requisito é que se tenha idade mínima de 16 anos. “Os alunos vão compreender que este rumo não é somente uma carreira, mas também uma maneira de viver”, explica o idealizador e diretor do grupo, Jefferson Jarcem.

O curso tem início nesta segunda-feira (26), no Museu da Imagem e Som de Cuiabá, das 19 às 22 horas. O Misc, a propósito, tem se tornado porto-seguro para grupos teatrais locais que dispõe de pouco incentivo.

Os atores do Tibanaré estão dispostos a trocar vivências para uma incursão na carreira de ator, foco da atuação do grupo que segundo Jarcem, em seu início não era formado por atores talentosos, mas sim, virtuosos. “Mas éramos famintos pela investigação teatral. Diariamente nos encontrávamos e praticávamos exercícios teatrais que chamamos de treino para formação do ator”.

Mas além de buscar mais primor na prática do teatro, eles acabam por estimular o processo de capacitação que vai instrumentalizar os grupos que vierem a surgir. “Como Mato Grosso não possui espaços de formação, buscamos e conseguimos em alguns anos encontrar pesquisadores com trabalhos consistentes no Brasil, e através de trocas e intercâmbios estamos conseguindo traçar uma maturidade ao nosso trabalho”, conclui Jarcem.

O foco do Núcleo de Teatro Tibanaré é exclusivamente voltado para a construção do trabalho de ator: Autodisciplina, Preparação e aquecimento do Corpo e Mente, Jogo das Relações (Ator-Espaço-Espectador), Jogo energético, Técnicas cotidianas e extracotidianas, Presença de Cena, Treinamento Físico e Vocal, Ator e objeto, Ator no espaço e tempo, Técnica de montagem da ação, Construção da Cena e entre outras investigações que serão moduladas ao decorrer com a equipe de participantes que vão experimentar dentro da sala de treinamento e em espaços não convencionais no centro histórico de Cuiabá.



De espaços livres eles entendem muito bem e fazem das ruas um laboratório. Já se apresentaram em praças, em ruas, ônibus e mais recentemente, exploram o misterioso universo das lendas urbanas. Mais recentemente os arredores do Centro Histórico serviram como local de experimentação para o espetáculo Passeio Noturno, que resgata histórias de arrepiar basedas em livro de Dunga Rodrigues.

Os estudos são propostos para atores e não atores. Os famintos pelo fazer teatral estão convidados a participar. Para se inscrever, clique aqui. 

O custo mensal para os participantes do Núcleo de Teatro Tibanaré é de R$ 5,00 (cinco reais), apenas para cobrir custos de materiais de consumo do espaço, como água mineral, café e materiais de limpeza.


Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet