Olhar Conceito

Sábado, 24 de outubro de 2020

Notícias / Comportamento

Em busca de cura, centenas de pessoas participam de cirurgia espiritual em Cuiabá Veja fotos

Da Redação - Laura Petraglia

03 Ago 2013 - 14:36

Foto: Divulgação

Em busca de cura, centenas de pessoas participam de cirurgia espiritual em Cuiabá Veja fotos
Baseados na crença de que ‘se o espírito estiver doente, o corpo também estará’, a Associação Espírita Wantuil de Freitas de Cuiabá, realiza desde a noite desta sexta-feira (2) até domingo (4) em sua sede, o tradicional trabalho de internação e cirurgia espiritual, que ocorre somente duas vezes no ano e reúne mais de 600 pessoas.

Embora seja uma cirurgia, não há intervenção cirúrgica, ou seja, as pessoas não sofrerão nem um tipo de corte, nesse caso a fé é a propulsora para o êxito e cura. Durante três dias os pacientes passam por momentos de prece, palestras, cânticos e laborterapia, que também fazem parte do tratamento. Há internação para crianças também.

Desde 1998, quando a cirurgia começou a se realizada, centenas de pessoas já ficaram curadas de diversos problemas de saúde. “Quanto a fé, Jesus disse que se a tivéssemos do tamanho de um grão de mostarda, seríamos capazes de remover montanhas. E quais seriam essas montanhas? Nossas doenças, nossas dificuldades e tudo aquilo que nos parece impossível, porque na fé verdadeira não há dúvidas”, lembrou o presidente da Associação Espírita Wantuil de Freitas, Márcio Monteiro ao destacar que uma grande equipe estará orando em conjunto e colocando a fé numa união de forças pelas pessoas internadas.

Os cerca de 600 ‘pacientes’ que se encontram internados no local são oriundos das mais diversas partes de Mato Grosso e do País e vieram a Cuiabá em busca de cura para doenças que afetam o corpo físico. Todo processo de internação é gratuito aos pacientes.

Todos passaram previamente por uma triagem realizada na sede do Centro no decorrer da semana que passou, a fim de identificar se o problema se enquadra no perfil de internação com cirurgia espiritual.

“Se o espírito está doente, o corpo adoece. Entendemos que as dores físicas são dores da alma e por isso o tratamento restabelecerá a saúde espiritual e do corpo”, disse o presidente da Associação Médica Espírita da Paraíba, Islan da Penha, ao fazer uma interpretação sobre a relação entre medicina tradicional e a prática alternativa identificada como “cirurgia espiritual”.

A parábola da fé que cura:

Enquanto Jesus estava indo para a casa de Jairo, uma mulher enferma na multidão avançou e tocou o manto de Jesus. Ela sofria de sangramentos constantes já havia doze anos e sofrera um bocado nas mãos de diversos médicos incapazes de curá-la. Depois de gastar tudo o que tinha, seu estado piorava a cada dia. Quando ela ouviu sobre Jesus, ela o seguiu na multidão e tocou seu manto. Imediatamente seu sangramento foi curado e ela sentiu que seu corpo estava livre da enfermidade.

Imediatamente Jesus percebeu o que havia ocorrido, se voltou e perguntou que o havia tocado. Seus discípulos estranharam e perguntaram «Vês que a multidão te aperta, e perguntas: Quem me tocou?» (Marcos 5:31). Mesmo assim, Jesus continuou procurando à sua volta para tentar identificar que o havia tocado. Então, a mulher, ciente de sua cura, se aproximou e se lançou aos pés de Jesus, trêmula de medo, e contou-lhe a verdade. Ele então respondeu:
“ «Filha, a tua fé te curou; vai-te em paz, e fica livre do teu mal.» (Marcos 5:34)”

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet