Olhar Conceito

Domingo, 26 de junho de 2022

Notícias | Literatura

lançamento

Livro registra viagens de Therezinha Arruda pela América Latina e autora pede mais atenção com o continente

Foto: Reprodução/Da Assessoria

Livro registra viagens de Therezinha Arruda pela América Latina e autora pede mais atenção com o continente
Um registro de viagens pelas Américas tornou-se livro, e o lançamento aconteceu na última quinta-feira (28) no foyer do Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, com a presença de artistas e políticos mato-grossenses.

Leia mais:
Rondonopolitana lança livro que relata por meio de cartas as vidas de mulheres e mães de presidiários
Jovens dramaturgos podem ter seus textos publicados como prêmio de concurso nacional

“América e os Guardiões das Culturas Autóctones”, da professora aposentada Therezinha Arruda, conta sobre suas visitas aos países latino-americanos, onde teve contado direto com nativos. Como resultado, por exemplo, muitos objetos de cultura desses locais foram expostos no lançamento.

“Busquei descrever, no livro, a forma como eles se comunicam com a mãe-terra e é preciso saber ouvir aqueles que estão em contato permanente com a natureza. Não foi fácil transcrever para o papel tudo que vivi. Eu relutava, mas conversando e trocando ideias, o resultado foi esse”, afirma a autora.

A ideia foi fazer um alerta aos brasileiros para que olhem pela América Latina: “Que olhemos mais para nossos vizinhos e a riqueza do que temos na América. Às vezes, vemos manifestações de desprezos contra bolivianos e paraguaios, mas o que precisamos é visitar esses países, salvar as línguas indígenas porque o ritmo de desaparecimento dessas línguas é maior que o de espécies de fauna e flora”, afirmou Therezinha.

De acordo com a Assessoria, no evento o deputado estadual Wilson Santos (PSDB) destacou a importância da Therezinha para a cultura de Mato Grosso: “Ela tem uma experiência extraordinária de vivência, tanto no Brasil, quanto fora, foi secretária de Cultura de Cuiabá, é extremamente culta e tive o privilégio de conhecer essa obra literária, que tem profundidade e riquezas de narrativas”.

Durante o lançamento aconteceram apresentações musicais e cênicas, como do dramaturgo Luiz Carlos Ribeiro e de Vera Capilé, que cantou em guarani, e da artista Silvana Teixeira, que fez uma perfomance. O cantor Guapó encerrou as apresentações com canções da América.

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet