Olhar Conceito

Terça-feira, 24 de maio de 2022

Notícias | Artes Cênicas

Cuiabá, Versos e Tribos

Escritora Luciene Carvalho homenageia Cuiabá com peça que une poesia, rap e siriri

Foto: Divulgação

Escritora Luciene Carvalho homenageia Cuiabá com peça que une poesia, rap e siriri
Luciene Carvalho, escritora, poestisa, recém-eleita para a Academia Mato-Grossense de Letras. Para prestar sua homenagem aos 296 anos de Cuiabá, Carvalho traz a peça “Cuiabá, Versos e Tribos”. A apresentação será na quarta-feira, 8 de abril, no aniversário da capital mato-grossense. A peça será encenada às 20h no Sesc Arsenal.

Leia mais:
Inscrições abertas para curso de história, geografia e cultura mato-grossense; Saiba mais

De acordo com a assessoria do evento, o projeto que estreia pelo “Poesia, Versos e Cordas” revela o flerte entre o tradicional e o contemporâneo e expõe uma Cuiabá culturalmente híbrida. A peça revisita a memória da cidade, dos morros e quintais antigos, à explosão de prédios, do “rebojo” de gente, expressão que a poeta utiliza, numa alusão ao aumento dos habitantes. “De tudo isso será tecido, com sons e imagens, um canto de amor a Cuiabá”, explicou Luciene Através da assessoria.

Acompanhada pelo rapper Linha Dura, o novo espetáculo de Luciene apresenta à plateia o resultado do feliz encontro entre a sua poesia e o som composto pela fusão do rap e o siriri. E dá-lhe mocho e samplers e declamações de versos com DNA cuiabano.



Para a nova empreitada, Luciene Carvalho apostou na companhia de outros parceiros de Linha Dura, do coletivo Família de Rua Toda Vida e ainda, de uma cuiabana entusiasta do rap, Anna Marques e o diretor do espetáculo, Raul Lázaro.

“A intenção é mostrar uma nova visão da cuiabania, de jovens que cultivam o siriri, o rap, a poesia. São várias as tribos e eu vejo tudo, eu escuto tudo”. Com as associações sempre pertinentes, Luciene explora a simbologia e os mitos da cultura cuiabana. “Quero especialmente desnudar à plateia uma Cuiabá que não é mais a capital do interior do Brasil, mas que Cuiabá é de qualquer lugar, é cosmopolita”, destacou Luciene.



Mantendo segredo, ela só adianta que o show é extra-sensorial. “Sabores, aromas... vai ser sinestésico”, garante. O ingresso é gratuito e deve ser retirado uma hora antes do espetáculo.
 
Serviço

Cuiabá, Versos e Tribos – Poesia, Versos e Cordas
Quarta-feira (08), às 20 horas, no Teatro do Sesc Arsenal
Ingresso gratuito a ser retirado uma hora antes do espetáculo
O Sesc fica na rua 13 de Junho, bairro Porto
Informações: 65 9608 6153
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet