Olhar Conceito

Quinta-feira, 23 de maio de 2024

Notícias | Comportamento

prêmio jejé de oyá

Evento que compõe agenda terá musica, capoeira e entrevistas com personalidades negras de MT

Foto: Reprodução

Evento que compõe agenda terá musica, capoeira e entrevistas com personalidades negras de MT
Antecedendo a entrega do Prêmio Jejé de Oyá, a Bemtivi Academia de Arte promoverá, na próxima segunda-feira (20), o "Pocket Show Exaltando Nossas Cores", no Teatro da UFMT, às 19h30, com entrada gratuita. O Mc Breno Dz6, a cantora Mariana Borealis e o capoeirista Régis Gomes estão entre os artistas que vão se apresentar o evento que faz parte da programação da premiação. 


Leia também 
Influenciadora evangélica Irmã Mônica confirma presença na Marcha Trans em Cuiabá

O Pocket Show será conduzido pela poeta Luciene Carvalho, primeira mulher negra e periférica a assumir a presidência da Academia Mato-Grossense de Letras (AML). Ela será a responsável por ajudar a apresentar a história dos seis homenageados pelo Prêmio Jejé de Oyá em 2024. 

São eles: presidente do Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso, desembargadora Adenir Alves da Silva Carruesco; a produtora cultural Lindisey Sá, a mestra da cultura popular, Dona Matilde da Silva, o ex-secretário adjunto Cultura de Mato Grosso, Jan Moura, o delegado Nilson Farias e o servidor aposentado da UFMT, João Bosco Cajueiro.

Luciene foi uma das homenageadas na primeira edição da premiação e ressaltou que fazer parte do projeto é motivo de orgulho. “Acho natural que Jejé tenha virado prêmio. Ter composto a lista dos que foram premiados na primeira edição me enche de orgulho. Desejo vida longa ao prêmio que eterniza a personalidade cuiabana. Acredito que a existência e permanência do prêmio se fazem mais que necessárias e representam o novo tempo da presença afro em Cuiabá”. 

A entrega do prêmios será realizada em 1º de junho, no Teatro Zulmira Canavarros, às 19h30, seguido da festa "Sambão de Jejé". O ingressos para o Pocket Show podem ser retirados pelo Sympla.  

Sobre o Prêmio Jejé de Oyá

A premiação, que chega em 2024 à terceira edição, visa premiar o protagonismo negro mato-grossense nas mais diversas áreas de relevância social e cultural. Para tanto, prevê agenda extensa e envolvimento popular. Nas duas primeiras edições, antecedendo a entrega do prêmio, houve edições de sambas e feiras em praças públicas.

Este ano, a realizadora Bemtivi Academia de Arte propôs destacar artistas da terra em uma exposição de artes visuais e do audiovisual, com a oferta de workshops, bem como um pocket show, com entrevistas de algumas personalidades negras homenageadas.

A entrega do prêmio encerra a programação e os homenageados foram selecionados por um júri, que considerou a atuação de cada um em seus respectivos trabalhos, além da representatividade que desempenham nesses espaços.

São parceiros do evento a empresa Bom Futuro, Sicredi Ouro Verde, Assembleia Social, Instituto Memória ALMT, Eletro Fios, SECEL-MT e Governo de Mato Grosso

Mais informações: @bemtiviacademiadearte no Instagram.
 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet