Olhar Conceito

Segunda-feira, 17 de junho de 2024

Notícias | Gastronomia

Dile Confeitaria Vegana

Bolos ‘baby friendly’, salgados, pizzas e pães são produzidos sem ingredientes de origem animal em Cuiabá

Foto: Reprodução

Bolos ‘baby friendly’, salgados, pizzas e pães são produzidos sem ingredientes de origem animal em Cuiabá
Foi através da filha e do genro que a confeiteira Márcia Rodrigues, de 55 anos, descobriu o veganismo e começou a adaptar as próprias receitas para que não fossem mais feitas com ingredientes de origem animal. Atualmente, Márcia e o marido participam de feiras em Cuiabá com produtos veganos que vão de salgados, como esfihas e enroladinhos, a pizzas, bolos confeitados e pães. 


Leia também 
Espaço tem lago inspirado em jardim de Monet, salão de beleza, pomar e casas para hospedagem


A Ecofeira na UFMT acontece toda sexta-feira, a partir das 17h, e é um dos pontos em que Márcia e o marido, Luiz Rodrigues, de 57 anos, costumam expor as delícias veganas. A Dile também marca presença na Feira do Belvedere.

Como já tinha experiência na produção de bolos, adaptar as receitas que vende na Dile Confeitaria Vegana não foi tarefa difícil para Márcia. Há sete anos, ela começou a produção e entrega dos produtos veganos, sempre contando com as indicações entre os clientes. 

“As pessoas foram indicando para outras. A partir daí fomos aumentando o cardápio, começamos com pães e bolos, mas ampliamos as receitas que faço. Nos tornamos veganos há sete anos, foi melhor para nós, primeiro tiramos leite e ovos, depois fomos acostumando. Começamos a ver que melhora a disposição e a imunidade”. 



A demanda da confeitaria vegana é maior do que quando fazia as receitas com produtos de origem animal, conta Márcia. No cardápio, ela tem versões veganas de salgados tradicionais, como o hamburgão, que na Dile ganhou proteína feita com grão de bico ou lentilha, esfiha de cenoura, enrolado de presunto e queijo vegano, de abóbora e brócolis, além dos recheios de carne de jaca desfiada e o falafel, que é um dos mais procurados. 

“Muitas pessoas que não são veganas se atraem pelos produtos, principalmente pessoas que estão seguindo dieta, gostam dos produtos sem trigo. Muitos clientes que comem carne, mas compram os produtos e gostam, na hora que provam, se surpreendem. As pessoas às vezes acham que vai ser um alimento sem graça, na feira da UFMT mesmo, muitos clientes comem a primeira vez e continuam comprando”. 

Outra demanda que tem crescido na Dile Confeitaria Vegana são de doces e bolos sem açúcar para crianças. Márcia faz bolos confeitados para aniversários, brigadeiros e outros tipos de receitas se tornarem “baby friendly”.

“Hoje em dia as crianças estão tendo mais orientação, até três anos não consomem açúcar, minha neta mesmo está com três anos e ainda não come açúcar, eu quem faço bolo e pão para ela. Recebo muitas encomendas para crianças, porque as pessoas vão indicando, gera uma demanda boa”. 

Para a confeiteira, além da melhora na disposição diária, a alimentação vegana também representa mais qualidade na saúde. 

“A alimentação vegana mudou minha vida para melhor. Em termos de saúde, sinto mais disposição, melhora a pele, a imunidade, melhora tudo. A pessoa não fica tão facilmente doente, minha neta mesmo, geralmente criança tem viroses, minha neta não tem isso, é o tempo todo disposta, ela é vegana também, a família toda”.
 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet