Olhar Conceito

Segunda-feira, 15 de abril de 2024

Notícias | Gastronomia

veja o vídeo

Cuiabana que criou 'beijo grego' volta a viralizar no TikTok com receita bem-humorada de 'codornas no sofá'

Foto: Reprodução

Cuiabana que criou 'beijo grego' volta a viralizar no TikTok com receita bem-humorada de 'codornas no sofá'
Não é de hoje que influenciadora digital e cuiabana Janyele Oliveira, de 33 anos, chama atenção no TikTok e Instagram com as receitas bem-humoradas que compartilha com os seguidores, como o "beijo grego", que lhe rendeu destaque no programa Mais Você, da Globo. Agora, Janyele voltou a viralizar com o prato "codornas no sofá". 

Leia também 
Feirão de Neve em Cuiabá: agência especializada em resorts de esqui tem pacotes com até 30% de desconto


No vídeo em que ensina a fazer a receita com codornas, a influenciadora brinca que colocou as aves em um "spa day". "Coloquei todas as bichinhas para fazer aquele spa day de molho no suco de limão e, antes de fazer a pedicure que é aquele processo de tirar as unhas. Para finalizar o spa day, vem a massagem e o repouso", ensina a cuiabana. 

O prato ainda leva batatas, que são esculpidas por Janyele nos formatos de sofá. A influenciadora ainda usa espetos para que as codornas fiquem "sentadas" no sofá de batatas. "Para garantir que elas fiquem nos seus devidos lugares, vou pregar a bunda delas no sofá, igual minha avó ameaçava fazer comigo na casa das visitas". 
 
@janynacozinha

Codornas no Sofá

♬ TEXAS HOLD 'EM - Beyoncé

Janyele aprendeu a cozinhar com a avó 

Quando a bisavó estava cozinhando, os olhos atentos e curiosos de Janyele acompanhavam cada passo do preparo. Como a avó sempre trabalhou fora, não demorou para que Janyele assumisse um pouco da responsabilidade de preparar as refeições da família. A incumbência foi recebida com alegria por ela, que já na infância começou a cozinhar pratos simples e brasileiríssimos como arroz, feijão e carne de panela. 

“Minha avó não gostava muito de cozinhar, ela fazia porque precisava, mas não era uma paixão. Minha bisa era bem idosinha, mas era amante da cozinha e cozinhava maravilhosamente bem. Todo mundo ensina os filhos a ajudar em casa desde criança e minha avó viu que eu gostava dessa parte e incentivava”. 

Como a avó era funcionária pública e precisava trabalhar seis horas por dia ou mais, a paixão da neta pela cozinha foi providencial. Janyele lembra que ficava responsável pelos almoços, enquanto a avó preparava o jantar. 

“Quem definia os cardápios era meu avô, fomos ensinados a comer de tudo, mas ele gostava muito de carne seca com abóbora e carne de panela. Era sempre uma carne e uma verdura, como maxixe”. 
 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet