Olhar Conceito

Quarta-feira, 19 de junho de 2024

Notícias | Literatura

com secretário de cultura

'Conversas ao pé do cajueiro' estreia nova temporada com discussões sobre crise climática e cultura

O debate é mediado pela professora e filósofa Maurília Valderez do Amaral

O debate é mediado pela professora e filósofa Maurília Valderez do Amaral

A nova temporada da série "Conversas ao pé do cajueiro", realizada pela Casa de Cultura Silva Freire, estreia nesta quarta-feira (28), às 17h, pelo Youtube. No primeiro episódio, o secretário estadual de Cultura, Jefferson Neves é convidado para o encontro de abertura mediado pela professora e filósofa Maurília Valderez do Amaral. 


Leia também 
Perna de pau, circo e arte digital: multiartista cuiabana rompe fronteiras com NFTs


Além do titular da secretaria estadual de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), outras personalidades serão convidadas para discutir as interferências da crise climática no âmbito da cultura e a perda dos elementos que torna singular os modos de ser e habitar a cidade de Cuiabá.

Para assistir ao programa acesse o link. Como diferencial, a proposta é receber e ouvir artesãos, pescadores, redeiras, ceramistas e outros atores culturais que compõem as cuiabanias para compreendermos os impactos dos problemas ambientais em suas produções e modos de vida.

"Ao longo dos episódios nossos convidados vão dialogar a partir da obra de Silva Freire e das questões levantadas pelo escritor nas décadas de 1970 a 1990 acerca da separação entre natureza e cultura, conversar sobre a crise climática e os diferentes modos de afetar as cuiabanias enquanto forma de vida que respeita a singularidade da cidade" adianta Larissa Silva Freire, diretora da Casa Silva Freire.

Durante a temporada serão debatidos, entre outros temas, o modernismo/modernidade, Intensivismo, arte, literatura, memória cultural e patrimônio histórico material e imaterial para pensarmos o espaço urbano na contemporaneidade e o pertencimento cultural a partir das transformações urbanas experimentadas em Mato Grosso desde a metade do XX.

"Trata-se fazer interconexões entre a filosofia, arte e ciência e outros saberes e as questões ambientais", explica Valderez, que receberá também pesquisadores, urbanistas, geógrafos, artistas e outros atores que compõem os tecidos cultuais atuais para discutir os impactos da crise climática em Cuiabá e no estado de Mato Grosso.

Realização da Casa de Cultura Silva Freire através do Núcleo de Ambiências do Pensamento, o programa Conversas ao pé do cajueiro é apoiado pela Secel. 

A Casa Silva Freire
 
Ponto de Cultura e Ponto de Memória reconhecida pelo IBRAM, a Casa abriga o acervo literário do poeta Benedito Sant'Ana da Silva Freire e a produção do Movimento Intensivismo. Fundada em 8 de abril de 2010 é uma associação sem fins lucrativos, que possui a finalidade de preservar e difundir a obra do poeta por meio da promoção e incentivo à cultura, educação, literatura, arte e ciências em Mato Grosso.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet