Olhar Conceito

Domingo, 19 de maio de 2024

Notícias | Comportamento

2,5 milhões de curtidas

Dentista viraliza no Tik Tok com vídeos sobre a vida de 'pobre premium' em condomínio de luxo em Cuiabá

Foto: Reprodução

Dentista viraliza no Tik Tok com vídeos sobre a vida de 'pobre premium' em condomínio de luxo em Cuiabá
Quando se mudou com a família para uma casa no condomínio Florais, em Cuiabá, a dentista Karine Fernandes Soares da Silva, de 37 anos, começou a gravar vídeos sobre a rotina de “pobre premium”, como define a si mesma, já que apesar de morar em um endereço de alto padrão ainda conserva os costumes da família simples de cuiabanos tradicionais. Os causos contados por ela e o dia a dia de uma “pobre premium” conquistaram fãs no Tik Tok, onde Karine já tem mais de 2,5 milhões de curtidas. 


Leia também 
Agroboy, coach, psiquiatra, cirurgião e comissária: relembre mato-grossenses que passaram pelo BBB

Em um dos vídeos que também viralizaram na plataforma, alcançando mais de 5,4 milhões de visualizações, Karine aparece sentada na entrada da casa no Florais “contando fofocas sobre os vizinhos”. De bicicleta semi elétrica de R$ 40 mil ao tamanho da Gucci na entrada de um dos imóveis, ela diverte os 135 mil seguidores. 

Ao Olhar Conceito, ela conta que se mudou para a nova casa em janeiro do ano passado e passou a mostrar a rotina no condomínio. “Um amigo meu falou: ‘Cara, você mora em uma casa de rica, mas tem um monte de coisa de pobre, você é pobre premium’. Comecei a usar o bordão nos stories e as pessoas começaram a rir muito, achar muito legal. Depois, comecei a postar algumas coisas no Tik Tok, viralizou, começou a crescer e comecei a usar esse bordão lá também”. 

Karine e a família se mudaram para o Florais no começo do ano passado. (Foto: Arquivo pessoal)

De família de cuiabanos, poconeanos e rosarienses, Karine cresceu acostumada a ver a casa decorada com tapetes de crochê, bordados regionais e “saias” nos galões de água. Mesmo morando em uma casa de alto padrão, ela brinca que os costumes continuam fazendo parte de sua vida. 

“É um grande personagem que vem da família, pego um pouco da minha avó, do meu pai, dos meus tios. Vejo o que é neles bem típico e uso isso como um personagem, mas eu mesma não posso dizer ‘vim de baixo e cresci’, sempre tive uma situação legal. Mas a minha família, meu pai, minha avó, é um povo muito simples, gosta de comer rabada. Eles sim vieram de baixo, meu pai era do Areão, passou em concurso, meus tios também e foram crescendo. Meu avô era caminhoneiro. Ficou aquela essência”. 

Em outro vídeo que viralizou no Tik Tok, o pai de Karine chega na casa dela com sacolas de mercado e acorda os netos, de sete e dois anos, para tomarem café da manhã juntos. A dentista conta que o pai é um típico cuiabano que acorda cedo e passa na Feira do Porto para comprar os ingredientes do almoço. 

“Chega na minha casa cedo com sacola cheia de coisa, de verdura, pão. O vídeo é ele chegando na minha casa cantando uma música que ele canta para gente desde criança e vai acordando meus filhos para comer pai. Meu pai ficou emocionado quando viralizou, porque as pessoas começaram a perguntar por ele”. 
 
@karinefernandesss #VozDosCriadores #melhoravo #avos #avo #vovo ♬ som original - Nicole e Loui ❤️

Sonho de transfomar vida digital em única profissão 

A cada conteúdo “pobre premium” que viraliza nas redes sociais, Karine conta que se aproxima mais do sonho de deixar a odontologia, área em que atua há 15 anos, para se dedicar à carreira de influenciadora digital. Ela conta que a personalidade espontânea e bem humorada deixou de caber em um consultório. 

“Trabalhar só como dentista era muito chato para mim, porque ‘falo mais que o homem da cobra’, falo muito. Cada paciente que senta vou contando sobre minha vida, fofocas, não aguentava mais falando sozinha, eu e o paciente, paciente de boca aberta. Foi assim que veio isso do Instagram, porque gosto de falar e comecei a falar. Meu marido super não se importa de eu filmar, então deu match”. 

O trabalho como influenciadora digital começou no Instagram há cinco anos, quando Karine gravava vídeos falando sobre maternidade de forma “descontruída”. “Todo mundo faz o relato de parto, que tudo foi lindo, o meu não: a hora que o menino nasceu, a cabeça torta, me deu hemorroida. Contava mais na zoeira e o pessoal falava que eu tinha que fazer stand up por causa do jeito que eu falo”. 

O engajamento na rede social cresceu cada vez mais até começarem a surgir as primeiras propostas de trabalho. “Começou a aparecer uma mãe que tinha uma loja de brinquedos, daí fui trabalhar, depois uma mãe que tinha um supermercado. Comecei nesse mundo da influência, trabalhando mesmo com divulgação, mas o que me engaja mesmo é o meu dia a dia com o marido, contando as coisas da minha casa, os perrengues, as fofocas e minhas opiniões sobre as coisas”. 

No entanto, foi com os vídeos no Tik Tok que o alcance de Karine ficou cada vez maior. Atualmente, ela conta que passou a ser reconhecida nas ruas de Cuiabá. Para a dentista, o reconhecimento a faz ter noção do alcance que tem nas redes sociais. 
 
@karinefernandesss

Coisas que eu só conheci sendo duble de rico

♬ som original - Karine Fernandes

“Me assusto quando aparecem as propostas de trabalho com empresas muito grandes. Já ganho dinheiro com isso, mas quando vem uma empresa muito grande, é nessa hora que realmente entendo o que está acontecendo, porque na hora que o vídeo viraliza, para mim faz parte. Quando as pessoas me encontram na rua e gritam ‘pobre premium’, pedem fotos, fui no shopping domingo e ouvi uns três ‘pobre premium’, é nessa hora que fico impressionada”. 

Ela conta que vai viajar com a família para Búzios (RJ) e recebeu a proposta de parceria com o resort. Engraçada, Karine brinca que, no primeiro momento, chega a achar que as mensagens de empresas não passam de golpe. 

“Agora vamos viajar e mandaram uma mensagem oferecendo três diárias em Búzios para parceria com um resort, nessa hora fiquei ‘Que? Búzios?’ fico meio chocada, acho até que é golpe, quando agência de publicidade vem falar comigo”. 

Ela também passou a ser reconhecida no condomínio em que mora com a família por conta dos conteúdos que produz nas redes sociais. Karine conta que, no momento, todas as suas energias estão voltadas para conseguir transformar a vida virtual em sua única profissão. 

“Outro dia estava na minha casa e uma mulher saiu da casa da frente gritando: Não acredito que você mora na frente da casa da minha prima, sou de Ribeirão Preto, te assisto lá. Isso me faz pensar que é isso que quero fazer da minha vida, é isso que me alimenta, não é nem financeiro, é mais emoção mesmo”.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet