Olhar Conceito

Sexta-feira, 24 de maio de 2024

Notícias | Comportamento

tarot intuitivo

Dinheiro, gravidez, catástrofes climáticas e nova pandemia: veja previsões para 2024

Foto: Bruna Barbosa/Olhar Direto

Dinheiro, gravidez, catástrofes climáticas e nova pandemia: veja previsões para 2024
Com 12 anos, a taróloga Jessika Pinto, hoje com 32, comprou o primeiro baralho de tarot em uma banca perto da escola que estudava. Ela lembra que começou a fazer leituras para outras crianças da escola, mas teve o tarot recolhido por uma das professoras, que autorizou a entrega apenas para a mãe de Jessika. Anos depois, as cartas foram reencontradas por ela no guarda-roupa da avó e se tornaram profissão para a cuiabana. 


Leia também 
Criador de Sheyla Christina, influenciador acusa fotógrafo cuiabano de cometer abuso sexual


“A professora era evangélica, disse que não era certo e que não era coisa de criança, ela disse que ia pegar e só entregaria quando minha mãe fosse buscar. Na época minha mãe estava passando por um processo de separação complicadíssimo, na minha família tinha isso de que criança não participa de nada, então não sabia dessas questões. Quando chegamos em casa perguntei se poderia mostrar o que eu sabia fazer com as cartas, fiz uma leitura para ela, não me lembro do que foi, mas ela ficou impressionada e escondeu minhas cartas”, conta Jessika. 

A taróloga realizou uma leitura especial para a reportagem do Olhar Conceito sobre o que podemos esperar de 2024, que é regido por Exu, seja no âmbito profissional ou amoroso. As cartas também mostraram questões sensíveis como um novo cenário emergencial na saúde e catástrofes climáticas em Cuiabá, apesar de ser um ano promissor para aqueles que desejam ter filhos. 

Antes de tirar as cartas, Jessika pede permissão para responder as perguntas sobre o novo ano em Cuiabá, afilhada de Zé Pilintra, ela fez o mesmo para poder dar entrevista. Quando embaralha o tarot, algumas cartas “pulam” das mãos e são colocadas na mesa para serem interpretadas. A primeira a surgir é a carta da Imperatriz. 


“É uma carta que traz consciência para nós, entendemos que as pessoas estão mais conscientes e menos introspectivas. Entendemos que esse período de ter saído de pandemia, de algo que estava muito introspectivo, interno, e a gente volta a projetar, ter sonhos e investir. É um ano bom para investimentos, porque tem um 10 de Ouros junto com o Eremita, seja em projetos ou dinheiro mesmo”. 

Jessika explica que o tarot também mostra que ciclos de repetição serão encerrados em 2024. “Se você estava passando por questões burocráticas, questões de saúde, que estavam dependendo muito de seus esforço e força, talvez seja um ano que você consiga conquistar isso. O Cavalo de Ouros junto com o 10 de Ouros fala de novo sobre esse investimento, é um bom ano para isso”. 

Sobre os investimentos, ela reforça que eles podem ter relação com a necessidade das pessoas se prepararem para uma emergência de saúde coletiva, como a pandemia da covid-19. “Seria interessante que esse investimento fosse algo voltado também para que a gente mantenha esse sustento, o pessoal que é autônomo, que não tem vínculo com CLT, no sentido de se preparem para isso”. 

Por ser um ano regido por Exu, Jessika destaca que os caminhos estarão abertos para os que estão “dentro do movimento da Imperatriz”, que fala sobre consciência e honestidade. “Desonestidade, corrupção, a Imperatriz traz à tona, Exu não deixa passar, é um ano que vamos ter muita transparência dentro do que está sendo proposto, algumas pessoas vão estar mais conscientes e com a percepção mais aguçada, pode ser que elas tomem decisões mais coerentes com o coletivo, então podemos esperar sim esses acordos”. 

Questões climáticas em Cuiabá

No ano passado, os cuiabanos sofreram as consequências da crise climática que fez Cuiabá bater recordes de calor e, no final do ano, chuvas intensas causaram desmoronamentos de terra no Portão do Inferno, provocando a interdição do trecho. Apesar da mensagem do tarot sobre desastres climáticos, as cartas também mostraram que não há mais tempo de reversão. 

“Temos a carta do desmoronamento, que fala 'você tem uma estrutura e ela simplesmente desaba, você tem um recurso e ele simplesmente cessa'. É um ano em que podemos esperar várias catástrofes, porque é como se tivéssemos pendurado nossas ferramentas, mas fomos nós que causamos tudo isso, é um ano de retorno da natureza. A questão de saúde que está aparecendo muito, pode ter haver com esse retorno. Vai tirar pessoas do seu espaço, vamos ter coisas que não esperávamos, e vão acontecer rápido, já agora no primeiro semestre vamos ter algo muito impactante”. 
 

Bom ano para gravidez 

Quando perguntado sobre relacionamentos, o tarot mostra para Jessika que o ano será de conscientização sobre amor próprio nas relações e que o movimento pode ser benéfico para quem deseja engravidar. 

“Temos a carta da Criança, é um ano bom para quem quer engravidar, como a criança vem falando sobre amor próprio, às vezes a única coisa que estava faltando era isso: me amar para trazer outra pessoa para o mundo. Inclusive para as pessoas que estão em tratamento há muitos anos, é um bom ano para ter filhos, sinto que a energia, as situações estão mais propícias para isso. Antes não era um bom momento, apesar de termos várias crianças da pandemia, mas agora é. As cartas que saíram trazem esperança, vida”. 

A taróloga explica que, como acontece em outros anos, pessoas influentes vão terminar relacionamentos longos, mas deixarão explícito que o rompimento foi motivado por questões que envolvem autonomia. 

“É um ano em que as pessoas estarão mais autônomas e independentes, focadas no amor próprio, não vão aceitar qualquer coisa. Teremos vários cortes, como sempre acontece, mas a carta da Foice vem para falar que pessoas que influenciam vão ter esse rompimento e vão trazer a tona que o motivo é esse: me amo mais, estou me conhecendo e entendi que não dá mais para continuar com o outro, que a separação não foi por traição, mas por ter conquistado, ou estar tentando conquistar, uma autonomia”. 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet