Olhar Conceito

Quarta-feira, 22 de maio de 2024

Notícias | Comportamento

reta final

Mais de 4 mil cartinhas ainda estão disponíveis nos Correios; material escolar está entre mais pedidos

Foto: Reprodução

Mais de 4 mil cartinhas ainda estão disponíveis nos Correios; material escolar está entre mais pedidos
As cartinhas da campanha Papai Noel dos Correios podem ser adotadas nas agências dos Correios de Mato Grosso até a próxima sexta-feira (22). Mais de 4 mil cartas ainda estão disponíveis para padrinhos e madrinhas. A maioria das cartas contemplam alunos de escolas públicas e os presentes precisam ser entregues antes do fim do ano letivo.


Leia também
Entrada, principal, sobremesa e até ceia completa a partir de R$ 1,2 mil: veja onde encomendar em Cuiabá

De acordo com os Correios, material escolar está entre os presentes mais pedidos pelas crianças que participaram da campanha. Desde o início, mais de 6 milhões já foram atendidas. Em 2022, os Correios disponibilizaram 252 mil cartas, das quais 187 mil foram adotadas. 

Slime, carrinhos, bolas, bonecas ou ainda camisas de time de futebol, calçados também estão entre os presentes mais aguardados pelas crianças. Essas doações de brinquedos serão direcionadas para as crianças que ainda não foram atendidas.

A campanha Papai Noel dos Correios começou quando carteiros, que não sabiam o que fazer com as cartas enviadas pelas crianças ao Papai Noel, e decidiram atender os pedidos. Com o passar do tempo, a empresa criou um programa corporativo para disponibilizar as cartas para adoção por suas empregas e seus empregados e por toda a sociedade.

Fique atento 

Os Correios não distribuem cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. As cartinhas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados no blog. E para que a empresa possa acompanhar as adoções e as entregas dos presentes, os padrinhos devem cadastrar o CPF ou CNPJ.  
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet