Olhar Conceito

Quarta-feira, 22 de maio de 2024

Notícias | Literatura

'café majestic'

Novo romance de autora cuiabana marca nacionalização da literatura produzida em MT

Foto: Reprodução

Novo romance de autora cuiabana marca nacionalização da literatura produzida em MT
Quarta obra da escritora cuiabana Stéfanie Sande, o romance "Café Majestic" foi lançado em agosto pelo selo Alfaguara, do grupo Companhia das Letras, marcando a nacionalização da literatura brasileira produzida em Mato Grosso. O livro já está sendo vendido no site da editora e nas livrarias de todo o Brasil. O lançamento em Cuiabá está previsto para outubro, na livraria Janina.


Leia também
Em lives NPC, influenciadora de MT ganha mais de R$ 20 em minutos: 'muito mais que um trabalho comum'


Apesar do alcance internacional e relevância da Companhia das Letras no mercado literário brasileiro, apenas dois outros autores cuiabanos foram publicados pelo grupo: Joca Reiners Terron, nascido em Cuiabá e radicado em São Paulo há quase 30 anos; e Manoel de Barros, também nascido na capital mato-grossense, embora tenha morado a vida toda em Campo Grande (SP), onde faleceu em 2014.

Maior grupo editorial do Brasil, a Companhia das Letras conta com diversos selos. Dentre eles, está o selo Alfaguara, que publica escritores como Haruki Murakami, Érico Veríssimo, Manoel de Barros, Jarid Arraes, Jamaica Kindad, dentre outros. 

"Começou quando eu enviei um outro romance para a seleção de originais da Companhia. Quando eles entraram em contato, 'Virgínia' já estava publicado. Então, eles perguntaram se eu tinha outro livro. Foi assim que comecei a escrever Café Majestic, conta a escritora.

Entrelaçando narrativas, Café Majestic acompanha a trajetória de Paula e Blake. Uma foi atriz de novela no passado; a outra é uma roteirista buscando o seu espaço na indústria cinematográfica no presente. São duas mulheres de gerações distintas, em momentos diferentes de suas carreiras, e, no entanto, algo terrível as une: ambas se relacionaram com Wagner, ator e diretor de sucesso, cuja carreira caminha em paralelo a uma série de casos de assédio sexual. 

Ao se encontrarem no Café Majestic, as histórias de Paula e Blake serão finalmente contadas. Entrelaçando narrativas, Stéfanie Sande cria um romance perturbador e tocante, no qual as aparências do cinema mascaram terríveis verdades sobre ambição, desejo e poder.

Sobre a autora

Stéfanie Sande é escritora, mestre e doutora em escrita criativa pela PUCRS. Em 2014, publicou o livro de poemas "Borboletas infinitas de coração imperfeito". Em 2015, passou três meses na França, onde escreveu o romance "O último verso", vencedor do prêmio Mato Grosso de Literatura. "Virgínia", seu segundo romance, foi publicado em 2021 e selecionado para o projeto Literamato II em 2022. "Café Majestic" é o seu primeiro livro lançado pela Alfaguara.
 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet