Olhar Conceito

Sexta-feira, 21 de junho de 2024

Notícias | Gastronomia

'Jardim Secreto'

Com croissants e pães de fermentação natural, região do Jardim Imperial ganha nova cafeteria 'com cara de casa'

Foto: Olhar Direto

Com croissants e pães de fermentação natural, região do Jardim Imperial ganha nova cafeteria 'com cara de casa'
O cheiro de café coado, dos croissants e dos pães artesanais saindo do forno se espalha pela avenida Uirapuru, no bairro Recanto dos Pássaros, em Cuiabá. O imóvel de número 8, que já foi residência, agora é o lar da cafeteria Jardim Secreto. Mesmo com as reformas que foram necessárias para abrir o espaço para os clientes, os proprietários tiveram como prioridade construir um projeto aconchegante para manter o local “com cara de casa”. 


Leia também
Guardião do Canjinjin: militar aposentado produz bebida africana que faz parte da história de Vila Bela


A cafeteria nasceu há uma semana através da sociedade entre Ícaro Wiliam de Oliveira, de 39 anos, a esposa, Náttynny Modesto de Arruda de Oliveira, de 34, Niege Dias Massoni Brunetto, de 30, e a mãe dela, Katia Cilene Dias, de 53. Niege e Katia já tinham uma longa relação de trabalho com Ícaro, que era responsável pelo marketing da empresa de Katia. 

“Sempre quis trabalhar com algo próprio assim. Trabalhamos juntos por seis anos e fomos criando um vínculo de amizade, conversando cada vez mais. Ano passado a ideia já estava bem aflorada. Começamos a trocar ideias e surgiu o projeto do café”, conta Ícaro. 

A ideia da Jardim Secreto esteve presente nas conversas, já que Niege sonhava em levar pães artesanais de qualidade para outras regiões de Cuiabá que estão fora das áreas nobres, mas em crescimento constante. Formada em gastronomia, ficou responsável por se especializar na produção de croissants. 

“Víamos muito o pessoal reclamar que precisava ir ao Centro ou à Praça Popular para comer um bom croissant, por exemplo. Começamos a pensar em uma coisa nessa linha. Corremos atrás, fiz cursos fora para poder saber que estamos oferecendo um produto de qualidade. Não adianta servirmos um croissant de qualquer jeito. Vimos muito isso no dia da inauguração, o pessoal elogiou muito”, explica Niege. 
 

A energia aconchegante que buscam passar para os clientes da cafeteria foi o primeiro sentimento que os sócios tiveram ao visitar a casa. Apesar do imóvel ter passado alguns anos fechado, o quintal grande e a arquitetura que remete às residências tradicionais de Cuiabá chamaram atenção. 

“Aqui é bem gostoso. Era uma casa que estava fechada há muito tempo, era residencial e transformamos em um espaço comercial. A obra demorou mais ou menos uns 150 dias para ficar pronta. Começamos no início deste ano. Fizemos demolição e construção. A estrutura da casa mudou quase tudo, adaptamos a cozinha, estoque, área externa e de atendimento”, lembra Ícaro. 

Muitos dos detalhes da obra foram executados pelos próprios sócios da Jardim Secreto, que não tiveram medo de colocar “a mão na massa”, brinca Niege. Ícaro, por exemplo, foi responsável por fazer o piso da cafeteria, enquanto todos se envolveram na decoração. Eles explicam que tudo foi pensado para ser único. 

“A maioria das referências de cafeteria na internet seguem o modelo industrial, que é algo que queríamos fugir. Pensamos em um ambiente mais leve e acolhedor. Acho que 70% do que tem aqui hoje, foi executado por nós. Tirando a parte bruta da obra. O piso, pintura, paisagismo, pergolado… Então, é algo único, que é nosso”, ressalta o publicitário. 

Produção artesanal demanda tempo 

Para se especializar nos croissants, Niege embarcou para Blumenau (SC). A receita é delicada e envolve processos que demandam tempo para que a massa folhada com formato de meia-lua cresça perfeitamente. Acostumada em estar na cozinha, Niege se viu diante de um desafio. 

“Aqui em Cuiabá precisamos do ambiente climatizado [para fazer os croissants]. Procuramos profissionais que soubessem e que se adaptassem a nossa região. Daria muito mais trabalho trazer uma manteiga de fora ou uma farinha italiana. Então cheguei e falei: a minha necessidade é essa, tenho esse tipo de manteiga, que é de boa qualidade, e esse tipo de farinha, você consegue me ajudar nisso?”, conta. 

Os pães também são produzidos com fermentação natural, que é mais demorado em comparação com o uso de fermentos industrializados. Como ainda não completaram um mês de funcionamento, Niege ainda está tentando entender o comportamento dos clientes, mas o sucesso dos croissants e os pães artesanais surpreendeu os sócios.
Cafeteria ainda não completou um mês desde que inaugurou, mas procura por croissants e pães de fermentação natural surpreendeu sócios. (Foto: Olhar Direto)

“Às vezes uma pessoa vem e não tem mais croissant, mas ele demora um certo tempo para crescer, para assar, então não posso pegar e colocar no forno direto. São de três a quatro horas para crescer. É o tempo que ele precisa para estar bonito e gostoso para ser servido”. 

No primeiro final de semana com a cafeteria aberta, Niege e Ícaro viram a vitrine esvaziar em questão de horas. Os sócios precisaram encerrar a produção antes do previsto quando os ingredientes para produção dos itens do cardápio acabaram. O sucesso da Jardim Secreto confirma a demanda que eles identificaram na região. 

“Estávamos vendendo uma média de 30 a 50 croissants por dia, porque eles servem tanto para o lanche quanto para comer puro. Decidimos dobrar para o final de semana. No sábado, às 10h30, pedi para o Ícaro fechar o portão, porque já tinha acabado tudo. Fomos correr para fazer compras e poder produzir para o domingo. No domingo acabou tudo de novo”, lembra Niege. 

A cafeteria também vende dois itens tradicionais no café da manhã dos cuiabanos: bolo de arroz e bolo de queijo. “O bolo de arroz é feito pela Edilma e pelo Jairo, eles são daqui do bairro, eles têm uma loja de bordados aqui na avenida principal. Ele ainda faz no pilão, socando o arroz. Hoje vemos triturado no liquidificador, mas não quis que fosse assim. O bolo de queijo é uma família que faz. Procuramos o artesanal, que é o nosso perfil”. 

Niege viajou para Blumenau (SC) para fazer curso especializado em massas folhadas. (Foto: Olhar Direto)

Jardim Secreto

Antes mesmo de encontrarem o imóvel perfeito para o projeto da cafeteria, os sócios já sonhavam com um lugar aconchegante e espaçoso para a convivência dos clientes. O nome Jardim Secreto chegou para trazer a sensação de “um lugarzinho” especial no meio da cidade.  

Apesar da cafeteria estar no bairro Recanto dos Pássaros, Ícaro explica que muitos cuiabanos ainda conhecem toda a região como sendo do bairro Jardim Imperial. Por isso, o “Jardim” surgiu como parte do nome do empreendimento. 

“O ‘Secreto’ é para trazer essa sensação de ‘achei um lugarzinho’. Queremos algo que ninguém conhece, que está escondidinho. O nome Jardim Secreto é sempre nesse sentido de entrar em um universo. Aqui é um espaço acolhedor, com um produto de qualidade e queremos que as pessoas gostem de estar aqui”, explica Ícaro.

A cafeteria funciona de terça a sexta-feira, das 7h às 19h, aos sábados das 7h às 12h e das 14h às 19h, e aos domingos, das 7h às 11h. 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet