Olhar Conceito

Sábado, 20 de julho de 2024

Notícias | Comportamento

VEJA VÍDEO

Homem que invadiu Miss Gay é companheiro de vice-campeã e esclarece: 'deixei que sentimentos ruins me dominassem'

Foto: Reprodução

Homem que invadiu Miss Gay é companheiro de vice-campeã e esclarece: 'deixei que sentimentos ruins me dominassem'
Matheus Oliveira, o homem que invadiu o palco do Miss Gay Mato Grosso 2023 no último sábado (27) e quebrou a coroa após a candidata de Várzea Grande, Emannuelly Belini, ser anunciada como campeã, gravou um vídeo de esclarecimento sobre sua atitude, pedindo desculpas à organização do concurso e explicando sobre o ocorrido.


Leia mais:
Revoltado com resultado, homem invade palco do Miss Gay Mato Grosso 2023 e quebra coroa


O jovem empresário é companheiro da Miss Gay Cuiabá, Nathally Becker, e a apoiava em todas as etapas dos concursos de beleza do estado. Conforme ele afirma em vídeo, é um sonho dela, e no “calor do momento”, ele teve uma atitude “impensada” e invadiu o palco.
Miss Cuiabá Nathally Becker (à esquerda) e Miss Gay Mato Grosso Emannuelly Belini (à direita)

“Desde que estamos juntos, sempre apoiei o Jonathan, ou como vocês conhecem melhor, a Nathally, na realização deste sonho, não só apoio emocional, mas também dedicando muito do meu tempo nos vários compromissos que precisam ser cumpridos, e apoiarei quantas vezes forem necessárias”, afirma.

“Estou aqui para me desculpar com a organização do evento, pela minha atitude impensada em subir ao palco e arremessar a coroa ao chão. Agi em um momento de muita emoção, tristeza e revolta e deixei que esses sentimentos ruins me dominassem, esse sentimento não tem nada a ver com ganhar ou perder, mas sim porque tenho a certeza de todo empenho da Nathally em representar Mato Grosso no Miss Brasil Gay, sei que esse desejo de meu companheiro, é o mais puro que vocês possam imaginar”, complementa.

Matheus continua o vídeo dizendo que a vencedora, Emannuelly Belini, e sua equipe estavam agindo com soberba e tendo ataques de estrelismo nos bastidores do concurso. Diante disso, ele afirma que “já deixavam claro que se Nathally vencesse, eles quebrariam o teatro”, e que a organização não fez nada em relação a isso, para acalmar os ânimos.

“A organização nada fez profissionalmente, deixando que esse espírito de rivalidade dominasse o concurso. Também acredito no sonho da Vencedora mas vi que ela se deixou levar por uma assessoria violenta e perigosa que criaram todo esse ambiente de uma disputa injusta”, afirma Matheus.

Por fim, o empresário disse que irá responder pelas consequências de seu ato, sem omitir da responsabilidade. “Só quem ama de verdade, sabe a capacidade de defender quem se ama, até de uma forma errada, como a que eu fiz”.
 

Outro lado

A vencedora do Miss Gay Mato Grosso 2023, Emannuelly Belini, também publicou uma nota em suas redes sociais sobre o acontecimento. Ela agradeceu a todos os fãs e equipe pelo apoio.

“O apoio de vocês foi e está sendo essencial para mim neste momento. E como eu sempre digo, sem vocês a Mannu não seria absolutamente nada. Hoje eu possuo o título de Miss Mato Grosso Gay oficial 2023, mas esse título é o significado de cada apoio, esse título é de cada um de vocês também”, diz.

“Mas além de agradecer, eu quero ressaltar a importância de cada Miss, vocês foram essenciais para tornar esse evento tão lindo, enquanto foi possível. Independente do ocorrido, acredito que essa é uma situação que precisamos refletir. Eu como Miss sempre levantarei a bandeira do respeito”, complementa.

Segundo ela, em um momento de comemoração, ela não pode festejar a vitória, por estar muito abalada com todo o ocorrido. Emannuelly também declarou que irá se afastar um pouco das redes sociais, “pois eu preciso viver esse momento, estou um pouco abalada emocionalmente e espero que vocês entendam. Muito obrigada, de coração”.

Nota oficial 

Confira na íntegra a nota oficial emitida pelo Miss Gay Mato Grosso 2023:

A equipe do concurso Miss Mato Grosso Gay, vem por esta nota congratular a Miss Várzea Grande, Emannuelly Belini, eleita Miss Mato Grosso Gay 2023 na noite de 27.05.2023.

Reiteramos nossos votos de felicidades e desejamos um reinado glamuroso, e que suas atividades possam refletir a voz e os anseios da comunidade LGBTQIAP+.

Nesse mesmo passo, e devido a repercussão, repudiamos com total veemência o fato acorrido na hora da coroação da Miss eleita, momento em que o companheiro da Miss Cuiabá, que ficou classificada em 2º lugar, invadiu o palco e destruiu de forma agressiva a coroa do concurso.

Informamos que a equipe jurídica do nosso concurso foi acionada e tomará as devidas providências legais quanto ao foto criminoso (art. 163 e 147, ambos do CP) ocorrido e que foi lamentavelmente presenciado por todos ali presente.

Por fim, ratificamos a escolha feita pelo júri do concurso e nos solidarizamos com a Miss eleita, bem como com a Miss que ficou em 2º lugar, visto que não responde por atitudes desatinadas de terceiros.


 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet