Olhar Conceito

Domingo, 23 de junho de 2024

Notícias | Gastronomia

'queridinho do bairro’

Ninho com Nutella, Tablito e Mousse de Morango: cuiabana vende 'geladinho' com base de gelato italiano

Foto: Reprodução

Ninho com Nutella, Tablito e Mousse de Morango: cuiabana vende 'geladinho' com base de gelato italiano
Entre os anos 90 e 2000 era comum que placas fixadas nos portões das casas cuiabanas anunciassem a venda de “geladinho”. Quando decidiu fazer sacolé gourmet para vender, Thais Cristina de Moura Moreno, de 36 anos, percebeu que muitas pessoas ainda tinham ligação afetiva com a sobremesa. No condomínio Rio Manso, no bairro Jardim Imperial, em Cuiabá, os sacolés também viraram febre entre as crianças e moradores do local. 


Leia também
Aos cinco anos, cuiabana participa de competição de skate em SP e sonha com futuro no esporte olímpico

“Aqui no condomínio não podemos colocar placa, mas as pessoas já sabem. Às vezes escuto crianças me chamando na porta: ‘ô, tia’. As pessoas ainda têm essa ligação com o produto, que antes era chamado de ‘geladinho’. É uma memória afetiva, por isso procurei fazer uma marca bem lúdica, com cores e desenhos, para remeter mesmo à infância”. 

Apesar da memória afetiva da bebida congelada em saquinhos de plástico, Thais desenvolveu a própria receita. Formada em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela UFMT, a cuiabana usou a base dos gelatos italianos para produzir sacolés cremosos. Já as receitas surgem da imaginação de Thais, que gosta de fazer as próprias interpretações de sobremesas tradicionais, como o mousse ou o picolé “Tablito”, por exemplo. 

“Desenvolvo a receita pensando em um gelato italiano, fiz um curso nessa área. Ele tem essa característica de um sorvete no saquinho, não é um gelo, porque é muito cremoso. Tem muita técnica e tecnologia. Minha faculdade foi essencial.  Gosto de revezar o cardápio, não tenho sabores fixos, só Ninho com Nutella e Tablito, que se não fizer esses até me batem”, brinca. 

Thais também acrescenta opções temporárias no cardápio, de acordo com datas comemorativas como Festa Junina, quando disponibiliza sacolés sabor Paçoca e Milho, ou Natal, quando criou o sacolé de Chocotone. Em dias de muito movimento, a cuiabana chega a vender até seis litros de um único sabor. Ela ainda precisa conciliar a maternidade das duas filhas, de seis e dois anos, com a rotina de pequena empreendedora. 
 

“Tem dias que bato seis litros de um sabor só, por exemplo Ninho com Nutella, são mais de 50 geladinhos. Começo às 14h e vou até às 19h no Ifood, de terça-feira a domingo. Entre um intervalo e outro vou produzindo. Não produzo todos os dias, vou fazendo conforme a demanda. Normalmente pego para fazer uns quatro sabores por dia, faço de duas a três receitas”. 

A cuiabana começou o Queridinho do Bairro em dezembro de 2020, quando tirou da gaveta o sonho que ficou guardado enquanto fazia a graduação. Ela ressalta que sem a parceria do marido já teria desistido do sonho de empreender, já que o retorno financeiro ainda é instável. 

“Não recebo para sustentar a casa, por exemplo. Meu marido me apoia muito e não me cobra isso. É uma parceria. Ele sempre diz para eu pegar o dinheiro e investir na empresa. Sempre invisto em um equipamento. Comprei um liquidificador industrial e uma seladora. Meu próximo projeto é fazer embalagem profissional, com tabela. Porque meu plano é entrar com proposta de revenda para pessoa jurídica”. 

Sonho de abrir uma fábrica 

A longo prazo, Thais sonha em abrir uma fábrica para a produção dos sacolés do Queridinho do Bairro. Já a médio prazo, ela deseja trabalhar com a revenda dos próprios produtos para estabelecimentos de Mato Grosso. O desejo da cuiabana é que a marca se consolide e se torne um legado para as filhas. 

“Quero que minhas filhas deem continuidade. Minha ideia é colocar um freezer com minha marca nos estabelecimentos. Oferecer para o parceiro toda a estrutura: freezer e geladinhos, tudo bonitinho. Já estou me preparando para isso, nos próximos meses vou ver a questão da embalagem, porque precisa ser adequada”. 

O Queridinho do Bairro começou com a necessidade de Thais de ter uma renda extra. Empreendedora nata, ela conta que sempre buscou alternativas para ter a própria independência financeira. Antes de se mudar para Cuiabá, ela e o marido moravam em Feliz Natal, onde Thais já vendia cupcakes. 


Thais sonha em abrir uma fábrica e revender os geladinhos gourmet para estabelecimentos de MT. (Foto: Arquivo pessoal)

“Lá em Feliz Natal engravidei da minha primeira filha. Meu marido passou em um concurso na região de Santo Antônio de Leverger e eu tive que vir junto. Tive que rescindir o contrato na empresa que trabalhava, mas o dinheiro acaba, comecei a me questionar do que viveria, não queria ficar dependente do meu marido, não fui acostumada assim, porque sempre trabalhei e tive minha independência financeira”. 

Ela conta que começou a fazer os sacolés ainda sem muita experiência, mas decidiu buscar cursos para entender a técnica de produção da sobremesa. Thais sempre prezou que fossem cremosas e com sabor suave. A ideia de vender sacolé surgiu por acaso, quando ela viu o anúncio de um e-book sobre o tema no Facebook. 

“Pensei: acho que é isso. Não comprei o e-book, mas procurei vídeos no Youtube. Comecei a vender, não tinha muita divulgação. Ainda morava em Santo Antônio do Leverger, para onde mudamos quando meu marido assumiu um concurso, e não conhecia ninguém, não tinha muito para quem vender. Meu marido comentava com algumas pessoas e eu também”. 

Em 2016, ela, o marido e a primeira filha se mudaram para Cuiabá. Foi quando Thais decidiu transferir a faculdade de administração, que cursava em Sinop, para a Capital. Ela conta que a escolha do curso de Ciência e Tecnologia de Alimentos também foi um dos acasos da vida. Hoje, a formação é essencial para que ela empreenda no Queridinho do Bairro. 

Com a faculdade, Thais começou a achar difícil conciliar a graduação e o empreendedorismo, por isso optou por focar em terminar o curso. No entanto, durante o hiato do Queridinho do Bairro, ela não deixou de se capacitar, já que sabia que voltaria a produzir os sacolés. 

“A ideia ficou guardada, mas não ficou totalmente esquecida, porque continuei comprando cursos e me preparando, sabia que iria retomar esse projeto. Durante a faculdade de ciência e tecnologias de alimentos tive mais contato com o ramo da alimentação, comecei a me sentir mais preparada para encarar. Em dezembro de 2020 formalizei a empresa, fiz CNPJ, criei a identidade visual, registrei a marca e comecei a usar matéria-prima de qualidade”. 


Thais desenvolveu as próprias embalagens, além de investir em liquidificador industrial e seladora. (Foto: Arquivo pessoal)

Processo de gourmetização 

Por conta dos produtos que usa para garantir a qualidade dos sacolés, Thais não consegue vender a sobremesa pelos valores que ela era encontrada antigamente nos bairros de Cuiabá. Ela brinca que primeiro precisa quebrar a barreira do preço com os clientes, mas garante que a cremosidade da base de gelato italiano é o principal diferencial da marca. 

“Muitas vezes as pessoas vem até a gente, mas não esperam que um geladinho seja R$ 11, esperam de R$ 2, que era o que custava antigamente. Mas brinco que depois que a pessoa prova e quebra essa barreira do preço, ela sempre volta. Como faço a base mais voltada para o gelato italiano, uso produtos de sorveteria mesmo, não é só colocar o leite e o leite condensado para bater”. 

Thais se enche de orgulho ao explicar que o Queridinho do Bairro, que nasceu da vontade de ter uma renda extra, se tornou um caminho de aprendizado e possibilidades através do empreendedorismo. Para a cuiabana, o sacolé gourmet tem potencial de prosperar muito mais. 

“O Queridinho do Bairro, além da minha família, é minha vida… Dedico todo meu tempo a ele, penso nisso 24 horas, em receitas novas, embalagens. Não tinha muita vocação para financeiro, por exemplo. Meu marido desenvolveu umas planilhas, lanço tudo por lá e aprendi muito. Hoje faço tudo sozinha, produção, marketing, administração… É completo, mas tem sido incrível”. 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet