Olhar Conceito

Quinta-feira, 23 de maio de 2024

Notícias | Pelos Brasis

​CURIOSIDADES PELOS BRASIS

Sem ‘baguncinha’, Cuiabá do Nordeste é menor que o CPA e fica perto de onde mataram Lampião

Foto: Montagem Pelos Brasis/ Arquivo

Sem ‘baguncinha’, Cuiabá do Nordeste é menor que o CPA e fica perto de onde mataram Lampião
Olá, viajantes. Viver em uma Kombi rodando o país é conviver, entre outras coisas, com a saudade de casa. Volta e meia dá vontade de comer um bolo de arroz, uma farofa de banana ou quem sabe um “baguncinha” com maionese temperada. E quando rodávamos por Sergipe, no Alto Sertão, descobrimos uma localidade chamada Cuiabá e não teve jeito, tivemos que alterar a rota para passar por lá. Será que daria para, de alguma forma, matar a saudade da nossa cidade natal?

 
Leia também:
Barragem ‘como a de Manso’ inundou cidades e deixou igreja em ruínas submersa como 'herança'

A Cuiabá nordestina é na verdade um distrito de Canindé de São Francisco, uma cidade pequena do interior de Sergipe, perto de Alagoas, bem próxima da grota em que Lampião e seu bando foram assassinados em 1938. A título de curiosidade, Cuiabá fica perto de um município chamado Pedra Preta, mas as coincidências param por aí. O Rio São Francisco banha Cidade, mas não atinge o distrito homônimo à capital de Mato Grosso. De qualquer forma, o fluxo daquelas águas foi fundamental para a criação do local.
 
Cuiabá na verdade era o nome de uma fazenda de cerca de 3 mil hectares que estava improdutiva e foi desapropriada na segunda metade da década de 1990 para assentar trabalhadores que haviam ficados desempregados após o término das obras de construção da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf). Essa é considerada a maior ocupação do MST em Sergipe, com cerca de 2,4 mil famílias mobilizadas.
 
Foram oito meses de acampamento até que a primeira desapropriação foi feita, em 1997, beneficiando 200 famílias. Hoje cerca de 300 famílias assentadas vivem no local e produzem. O distrito está na zona rural e é todo sem asfalto, com pequenos comércios. Evidentemente, não há semelhanças entre a gastronomia, o sotaque ou os hábitos da capital mato-grossense com o interior de Sergipe. Nada de capivaras por lá também. O que mais se vê nas ruas são bodes e cabras. Inclusive fizemos um vídeo brincando com essas diferenças (veja abaixo).
 

O que importa está em volta
 
Não fosse pela coincidência do nome, não teríamos entrado no distrito, mas com certeza Canindé de São Francisco merece entrar na rota de viagem. Como já antecipei, foi lá perto que mataram Lampião. O assassinato aconteceu na Grota do Angico, que pertence ao município vizinho de Poço Redondo, também em Sergipe, mas próximo de Alagoas e Bahia. É possível chegar lá por qualquer um desses estados, indo pelo Rio São Francisco.
 

Se chega à Grota do Angico de barco ou catamarã. Há um restaurante às margens do ‘Velho Chico’ em que se pode tomar banho e é feito passeio guiado até o exato local em que o bando do cangaceiro mais célebre do Brasil foi derrotado e decapitado. Também perto dali ficam os cânions do Rio São Francisco, em que também se chega de barco para banho e contemplação. Os passeios saem principalmente do município vizinho de Piranhas, já em Alagoas. 



A coluna Pelos Brasis é assinada pelos jornalistas Lucas Bólico e Isabela Mercuri. Acompanhe o projeto no InstagramTikTokYoutube e Spotfy

Lojinha Pelos Brasis

O  projeto Pelos Brasis lançou uma coleção exclusiva de camisetas que estão à venda no site Reserva. Confira aqui.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet