Olhar Conceito

Sábado, 18 de maio de 2024

Notícias | Política Cultural

PATRIMÔNIO IMATERIAL

Cuiabá ganha plano para preservação da Viola de Cocho com plantio de espécies usadas no processo

Foto: Reprodução

Cuiabá ganha plano para preservação da Viola de Cocho com plantio de espécies usadas no processo
O Instituto do Patrimônio Artístico Nacional (Iphan), em parceria com diferentes instituições, entre elas a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), lançou o Plano de Salvaguarda do Modo de Fazer Viola de Cocho, que tem como objetivo preservar a cultura do instrumento. No último sábado (18), o plano de manejo das espécies utilizadas na confecção de violas de cocho foi lançado no Museu de História Natural de Mato Grosso, com a programação do plantio de árvores que são usadas na produção do instrumento, a apresentação de cururueiros e uma simbólica demonstração sobre as etapas de confecção da viola de cocho.


Leia mais:
Governo lança edital de R$ 1,6 milhão para fomento de projetos esportivos


As mudas serão plantadas na mata ciliar do Museu de História Natural, cuja área alcança as margens do rio Cuiabá. Entre as espécies há Ximbuva, Cumbaru e Pata-de-vaca, e o manejo está sendo feito pelo Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), uma das instituições parceiras do projeto.

“Durante encontros com mestres e artesãos que fabricam a viola de cocho, uma das questões centrais para a preservação do saber fazer da viola é o acesso à matéria-prima. Por isso, o plano de manejo das mudas prevê o plantio dessas árvores, que poderão ser utilizadas para produção do instrumento daqui a 10 ou 15 anos”, destaca a coordenadora de Preservação do Patrimônio Histórico e Museológico da Secel, Maria Bárbara Guimarães.

Além do projeto de manejo, o Plano de Salvaguarda do Modo de Fazer Viola de Cocho integra diferentes frentes de atuação, distribuídos em eixos de ações socioculturais e socioambientais, descritos para promover a preservação e valorização desse bem imaterial.  O plano está em finalização e deverá ser lançado ainda este semestre.

O Iphan registrou o "Modo de Fazer Viola de Cocho" como Patrimônio Imaterial Brasileiro no Livro dos Saberes em 2005. (com informações da assessoria)
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet