Olhar Conceito

Sexta-feira, 19 de julho de 2024

Notícias | Comportamento

na categoria lady

Servidora do HMC vence Miss Cuiabá Plus Size e promete atuar na defesa da mulher

Foto: Reprodução

Servidora do HMC vence Miss Cuiabá Plus Size e promete atuar na defesa da mulher
Formada em Saúde Coletiva na UFMT e servidora do Hospital Municipal de Cuiabá, Eliana Paula de Castro, de 41 anos, venceu o concurso Miss Cuiabá Plus Size na categoria "Lady", realizado em 12 de dezembro na Casa Cuiabana, na Capital. Além dela, Izabelle Stefany foi eleita Miss Cuiabá Plus Size, enquanto Agatha Haddad ganhou na categoria "Curvy". 


Leia também

Show de Israel e Rodolfo e eventos especiais de natal prometem agitam o final e semana da capital

Eliana concorreu pela categoria lady com dez candidatas que disputaram em três categorias. A servidora chamou atenção ao responder uma pergunta sobre violência doméstica. De acordo com ela, por conta do trabalho no HMC conseguiu participar de cursos sobre o tema. 

“Cuiabá é a primeira capital do país a oferecer um Espaço de Acolhimento às Mulheres Vítimas de Violência Doméstica em uma unidade de saúde. Como servidora do HMC tenho conhecimento e já participei de cursos no Espaço de Acolhimento. Hoje o Brasil está no 5º lugar com alto índice de violência doméstica, ainda temos muito a avançar, pois as nossas leis ainda são da década de 80”, lembrou. 

Ela contou que já sofreu violência doméstica e pretende continuar falando sobre o tema, para ressaltar a importância de ações sobre defesa da mulher. 

"Essa situação desencadeia vários outros problemas como depressão e ansiedade, é necessária uma equipe multiprofissional para resgatar a dignidade dessas mulheres. Como mãe, eu ensino meu filho desde pequeno a respeitar as mulheres, e a ter empatia com as outras pessoas”, destacou. 

Paulo Rós, diretor-geral da Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP), que administra o HMC, sob a gestão Emanuel Pinheiro, parabeniza a servidora pelo título de Miss Cuiabá Lady Plus Size e pelo conhecimento quanto ao serviço prestado em prol das mulheres vítimas de violência.

“Somos o único hospital do país com Espaço de Acolhimento à Mulher vítima de violência doméstica, essa iniciativa é da primeira-dama Márcia Pinheiro, que está trazendo resultados surpreendentes. Além do atendimento médico no Hospital Municipal de Cuiabá, as vítimas recebem atendimentos com psicólogas e assistentes sociais, além de orientação jurídica. O espaço funciona 24 horas de segunda a segunda”, enfatizou Rós.
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet