Olhar Conceito

Quarta-feira, 19 de junho de 2024

Notícias | Cinema

CONFIRA PROGRAMAÇÃO

Cine Teatro exibe cinco curtas do Coletivo Negro Quariterê com entrada franca nessa terça

Foto: Assessoria

Cine Teatro exibe cinco curtas do Coletivo Negro Quariterê com entrada franca nessa terça
Recém-premiados na edição da MAUAL 2022, os curtas “A velhice ilumina o vento” (2022, 20’), de Juliana Segóvia e “Caeté” (2022, 15’), de Augusto Krebs, serão exibidos nessa terça-feira, 25 de outubro, a partir das 19h30, no Cine Teatro Cuiabá. A sessão integra o projeto Encontros com Cinema e ainda exibirá outros três curtas de realizados por mato-grossenses ligados ao Coletivo Audiovisual Negro Quariterê: “A garota que existiu dentro de um mistério” (Carol Damasceno e Wuldson Marcelo, 2022, 25’), “Pandorga” (Maurício Pinto, 2017, 17’) e “Farinha, festas e memórias” (Jackeline Silva, 2022, 20’). Após exibição haverá conversa entre participantes e membros das equipes dos curtas programados. Entrada gratuita e classificação indicativa 16 anos. A partir das 19h30 é permitido estacionar em frente ao Cine Teatro Cuiabá.


Sinopses

A garota que existiu dentro de um mistério (Direção: Carol Damasceno e Wuldson Marcelo. MT. 2022. 25’): Alice mora em um pequeno apartamento. Sua vida está limitada a casa e ao trabalho em um salão de beleza. Ela vive em companhia de Nádia. Porém, o modo como agem deixa dúvidas sobre a natureza da relação entre elas. Ou sobre a existência de Nádia.
 
Pandorga (Direção: Maurício Pinto. MT. 2017. 17’): Acompanhados de um envelope que guarda o futuro, um casal decide viajar numa estrada cheia de memórias e sentimentos. As reflexões e acontecimentos no caminho podem reconstruir sua história.

Farinha, festas e memórias (Direção: Jackeline Silva. MT. 2022. 20’): Dona Ana, 85 anos, conhecida por seus familiares e comunidade como Dona Nequinha. Nossa Mestra da Cultura conta um pouco de sua vida e ensinamentos sobre a tradição culinária das famílias do pantanal mato-grossense.

Caeté (Direção: Augusto Krebs. MT. 2022. 15’): Lucéia mora na casa que pertence aos seus pais em um bairro periférico de Cuiabá, e percebe aos poucos movimentações estranhas na vizinhança. Com a sanidade mental em cheque, Lucéia não sabe se está delirando ou se é vítima da História deste país se repetindo.
 
A velhice ilumina o vento (Direção: Juliana Segóvia. MT. 2022. 20’): Valda é uma mulher preta, idosa, periférica e trabalhadora doméstica da cidade de Cuiabá. Mulher forte, cuiabana do “pé rachado”, Valda subverte em seu cotidiano o paradigma da velhice estigmatizada.

Quariterê

O Coletivo de Audiovisual Negro Quariterê é formado por afrodescendentes que atuam como produtores e entusiastas do audiovisual no estado de Mato Grosso, com o objetivo de discutir temáticas relacionadas às questões raciais e suas interseccionalidades, que agravam preconceitos de gênero, sexualidade, geracional, estratificação social e econômica.

Nesse sentido, o Coletivo de Audiovisual Negro Quariterê realiza, incentiva e apóia ações voltadas para a promoção da equidade de raça e gênero no segmento audiovisual. O Coletivo Quariterê tem a missão de propor, debater, influenciar e monitorar políticas públicas nos âmbitos municipal e estadual que convergem em ações afirmativas para inclusão dos profissionais negros e negras em toda a cadeia produtiva do segmento audiovisual.

O Quariterê, homenageado no nome do coletivo, foi o Quilombo do Quariterê, localizado na região de Vila Bela, primeira capital do Estado. A história do quilombo é a história de Teresa de Benguela, rainha do Quariterê. Sua resistência heroica e seu espírito democrático foram inspirações para a criação desse lugar de aquilombamento para os profissionais do audiovisual mato-grossense, esse lugar onde podem chegar e se reconhecer entre pares. O encontro de profissionais negros da cultura e do audiovisual que daria origem ao Coletivo Quariterê aconteceu em 19 de setembro de 2017, dias após participarem da Oficina de Cinema Negro ministrada pelo Prof. Dr. Celso Prudente na Universidade Federal de Mato Grosso, entre 11 e 14 de setembro do mesmo ano.

Serviço
O quê: Exibição de curtas de realizador@s do Coletivo Audiovisual Negro Quariterê.
Quando: A partir das 19h30 de terça-feira, 25 de outubro de 2022.
Onde: Cine Teatro Cuiabá (a partir das 19h30 é permitido estacionar em frente ao Cine Teatro Cuiabá).
Quanto: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia).
Classificação indicativa: 16 anos
Mais informações: 65 2129-3848.


(Com informações da assessoria)
 
Entre em nossa comunidade do WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Assine nossa conta no YouTube, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet