Olhar Conceito

Sábado, 25 de junho de 2022

Notícias | Gastronomia

RIO DOS PEIXES

Festival vende cerca de 30 toneladas de pamonha e injeta quase R$ 500 mil em comunidade

Foto: Davi Valle

Festival vende cerca de 30 toneladas de pamonha e injeta quase R$ 500 mil em comunidade
Superando a estimativa e comercializando cerca de 30 toneladas de produtos e derivados do milho, o Festival da Pamonha teve projeção de cerca de R$ 500 mil em vendas. O evento aconteceu em comemoração aos 303 anos de Cuiabá, na comunidade do Rio dos Peixes, no KM-23 da rodovia Emanuel Pinheiro, a Estrada de Chapada (MT-251). Visitantes de São Paulo, Rio Grande do Sul, Goiás e até estrangeiros de Chile, Estados Unidos e Venezuela passaram pela comunidade.  

Leia mais: 
Festival da Pamonha anima comerciantes e atrai visitantes de outros estados: "está tudo muito lindo"

Conforme o levantamento da Secretaria Municipal de Turismo, coordenada pelo secretário Zito Adrien, nos quatro dias do evento, visitantes das cidades de São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Goiás passaram pelo evento. A pasta identificou também a presença de visitantes estrangeiros  do Chile, Estados Unidos e Venezuela.  

O  Festival da Pamonha fomentou o turismo na região e também possibilitou injeção de ânimo no comércio que gerou 300 empregos diretos em quase 60 pontos de comercialização de produtos derivados da pamonha e. ainda, o de espetinhos, cachorro-quente, além dos restaurantes, artesanatos e demais. 

Para o secretário Zito Adrien, o Festival melhorou a estrutura da região. Ele destacou que devido aos trabalhos da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) e da Ordem Pública (Sorp), não se registrou nenhuma ocorrência envolvendo acidente no trânsito e a Sorp garantiu a segurança dos visitantes. 

Além dos serviços prestados pela comunidade, a pasta também deixou ajustes para Rio dos Peixes. Criou estrutura, trocaram as lâmpadas para LED, ajustou-se os locais para compostagem de lixo, dentre outras iniciativas que levantaram a sociedade que, até então, se encontrava descapitalizada e receosa.   “A atividade serviu como uma injeção de ânimo”, disse Zito, que também afirmou que o evento será ainda maior em 2023.  

O Festival da Pamonha foi uma iniciativa desenvolvida na gestão do prefeito Emanuel Pinheiro. Sua primeira edição ocorreu em  2018, alcançando as vendas de quatro toneladas de derivados do  milho. Já em 2019, esse número subiu expressivamente para 11 toneladas.  Devido a pandemia causada pelo novo Coronavírus, em 2020,  a Prefeitura de Cuiabá decidiu suspender o evento nos anos de 2020 e 2021. 
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet