Olhar Conceito

Domingo, 26 de junho de 2022

Notícias | Cinema

Deu na Variety

Mato-grossense é destaque em site internacional e fala sobre novo filme: “ligado às memórias de minha infância”

Foto: Reprodução

Mato-grossense é destaque em site internacional e fala sobre novo filme: “ligado às memórias de minha infância”
Após lançar “Madalena”, o cineasta mato-grossense Madiano Marcheti já está trabalhando em seu novo filme, “Mãe de Ouro”. Em entrevista exclusiva a Variety - um dos principais sites internacionais de cultura pop e entretenimento -, Madiano revelou detalhes da produção, que é inspirada nas memórias de sua infância e irá trazer reflexões acerca da exploração das minas de ouro.

Leia também:
Cineasta de MT é eleito melhor diretor em premiação por “Madalena”; diretor de “Bacurau” elogia filme

"É muito ligado às memórias de minha infância e meu relacionamento com aquele lugar particular que eu vivi", disse em entrevista à Variety. "Minhas memórias de caminhar entre a floresta, visitar os rios com meus irmãos, nossa relação com a natureza e como isso se transformou ao longo dos anos com o avanço do que chamam de desenvolvimento na forma de atividades do agronegócio, como mineração de ouro ilegal e afins".

“Mãe de Ouro” é um longa-metragem que se passa em uma cidade rural localizada em uma região remota da floresta amazônica. Na produção, o público poderá acompanhar uma mulher que tenta superar seu passado ao mesmo tempo que tenta se reconectar com o filho que está afastado após ser expulso de casa quando seu pai recusou aceitar sua sexualidade.

Madiano Marcheti é natural de Porto dos Gaúchos (a 648 km de Cuiabá) e explicou para a Variety que “Mãe de Ouro” é um filme profundamente pessoal. O cineasta afirma ter se inspirado no processo de assumir-se para sua família e na própria conexão que possui com a região onde cresceu, que mudou drasticamente ao longo de sua vida.

O novo filme de Madiano é a segundo longa-metragem do cineasta. O primeiro foi “Madalena”, exibido no Festival de Roterdã e distribuído no Brasil pela Vitrine Filmes. De certa forma, segundo o diretor, ambas as produções se relacionam graças à vontade de Madiano de trazer a relação dos humanos com a natureza.

"Tanto 'Madalena' como 'Mãe de Ouro' expressam meu desejo de refletir sobre nossa relação com a natureza e levanta questões sobre a hierarquização entre humanos e não-humanos", ele conta. "Meu desejo é mostrar como era essa região antes e como é agora, além de refletir o que perdemos, ou estamos no processo de perder, e como podemos repensar nossa relação com o espaço de forma que podemos preservar no futuro".

“Mãe de Ouro” conta com produção de Daniel Pech da Multiverso Produções e co-produzido pela Terceira Margem e Matiné. Vitrine Filmes ficou responsável pela distribuição do longa-metragem.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet