Olhar Conceito

Sexta-feira, 28 de janeiro de 2022

Notícias | Política Cultural

De MT para Inglaterra

Virginia Mendes presenteia príncipe Charles com rede de artesãs de VG

Foto: Reprodução

Virginia Mendes presenteia príncipe Charles com rede de artesãs de VG
A primeira-dama de Mato Grosso, Virgínia Mendes, presenteou o príncipe Charles com uma rede artesanal produzida pelas redeiras da comunidade Limpo Grande, em Várzea Grande. O presente foi entregue após a reunião entre o herdeiro do trono inglês com o governador de Estado, Mauro Mendes, na tarde desta quinta-feira (4), no Kelvingrove Art Gallery and Museum, em Glasgow, na Escócia.

Leia também:
Choppão, Taberna, Mahallo e outros 22 restaurantes de Cuiabá participam do Festival Bar em Bar; veja lista

Muito admirado, o príncipe Charles agradeceu pelo presente e registrou uma foto com a primeira-dama e o governador de Mato Grosso. Virginia afirma que foi uma honra presenteá-lo com uma peça que representa a cultura mato-grossense.

“É uma honra poder presentear uma pessoa tão importante como o príncipe Charles, ainda mais com algo que mostre como é bela a nossa arte e a nossa cultura mato-grossense. Estou muito feliz que ele tenha gostado. Agora, o nosso artesanato estará dentro da residência real”, disse Virginia Mendes.

Reunião

O governador Mauro Mendes (DEM) se reuniu com o príncipe Charles, herdeiro do trono da Inglaterra, nesta quinta-feira (4), durante a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2021 (COP-26), em Glasgow, na Escócia. Em conversa, ele afirmou que a meta de Mato Grosso é chegar a produzir 130 milhões de toneladas de alimentos nos próximos dez anos, mas sem desmatar.

“Nos próximos 10 anos, a nossa meta é chegar a produzir 130 milhões de toneladas. Acontecendo isso, o Estado vai se transformar no 4º maior produtor de alimentos, se fosse um país. E podemos fazer isso sem precisar de nenhum novo desmate. Para isso, vamos investir em tecnologia, em novas técnicas produtivas, para continuar a produzir alimentos de forma muito sustentável”, explanou.

Mauro também defendeu mais investimentos em tecnologia para que a produção de alimentos em Mato Grosso continue a ocorrer de forma sustentável, com redução de impacto ambiental, e também mais “ousadia” dos governos de todo o planeta contra o aquecimento global e reforçou que Mato Grosso é um dos maiores produtores de alimentos do mundo, e faz isso preservando 62% do território.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet