Olhar Conceito

Sexta-feira, 28 de janeiro de 2022

Notícias | Cinema

DE MT PARA O MUNDO

Filme mato-grossense que conta a trajetória de Rondon está disponível no Amazon Prime

Foto: Reprodução

Filme mato-grossense que conta a trajetória de Rondon está disponível no Amazon Prime
“Rondon: O Desbravador”, longa-metragem do produtor Rodrigo Piovezan e do diretor Marcelo Santiago, que conta a história de vida do Marechal Cândido Rondon, está disponível no Amazon Prime. 

Leia também:
Gravado em Cuiabá e Chapada, filme encerra gravações e gera cerca de 200 empregos

“O filme do Rondon veio para marcar época, fez sua história e continua fazendo, levando a imagem de Mato Grosso, agregada a biografia de um dos maiores brasileiros de nossa história: Cândido Marechal da Silva Rondon”, afirma o produtor em entrevista ao Olhar Conceito

Lançado em 2016, o filme contou com a distribuição da Paramount Pictures, um dos principais estúdios da sétima arte no mundo. A produção chegou em inúmeros cinemas do Brasil e participou de circuitos importantes, como o Los Angeles Brazilian Film Festival, e foi exibido duas vezes no Paramount Channel.

“É o único filme de Mato Grosso que foi exibido em todo o país. Nunca um filme foi tão longe quanto ‘Rondon’. Alcançou destinos que surpreendem até hoje: chegar na Paramount, passar pelo circuito de cinema nacional e internacional, ganhar grêmio em Los Angeles. Cada vez mais chegando longe o filme”, comemora.

Rodrigo acredita que o sucesso da produção é um exemplo de como o cinema pode trazer grandes frutos para um estado e ressalta ser necessário investir na arte. “Nossa história [está sendo contada] por meio de uma ferramenta muito poderosa, que é o cinema. Vale a pena investir na arte. Hoje, a arte virou um produto de entretenimento, geração de emprego e renda, e nisso o projeto ‘Rondon’ não tem fronteiras. Até hoje Mato Grosso colhe o fruto”.

De série a longa-metragem

O roteiro do filme narra um encontro fictício entre Rondon e um jornalista, em que o Marechal narra diversas de suas aventuras e lembranças. Os atores principais da trama são Nelson Xavier (Rondon) e Rui Ricardo Diaz (Rondon Jovem).

Para se chegar ao produto final, que englobou tanto o filme quanto a minissérie, foram necessários mais de dez anos de gravações. De acordo com o produtor Rodrigo Piovezan, a ideia inicial era fazer somente a série para televisão, com vinte capítulos. Depois, decidiram reduzir a série para cinco capítulos e produzir, também, o longa-metragem.

“Assim teríamos dois produtos diferentes e mais ricos dramaturgicamente, um para mercado de televisão e outro para salas de cinema. O sucesso do projeto Rondon, além da dedicação imensurável de todos, dá-se também pela carência que o Brasil tem de conhecer suas histórias e seus heróis”, afirmou o produtor, via assessoria, à época.

Rondon

Cândido Marechal da Silva Rondon nasceu no distrito de Mimoso, em 5 de maio de 1865. Tornou-se conhecido principalmente por ser pioneiro na implantação das primeiras linhas telegráficas em Mato Grosso, após se alistar na Escola Superior de Guerra do Rio de Janeiro.

Rondon trabalhou com mapeamento de terras e estabeleceu relações próximas com os indígenas. Além disso, foi responsável por inspecionar as fronteiras do Brasil do Oiapoque até a divisa da Argentina com o Uruguai e foi o criador do Serviço Nacional de Proteção ao Índio.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Sitevip Internet