Olhar Conceito

Sábado, 16 de outubro de 2021

Notícias / Política Cultural

R$ 3 MILHÕES

“Há 20 anos não há um investimento tão robusto em patrimônio histórico", afirma Beto sobre MT Preservar

Da Redação - José Lucas Salvani

09 Set 2021 - 17:30

Foto: Rogério Florentino / Olhar Direto

“Há 20 anos não há um investimento tão robusto em patrimônio histórico
A Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) lançou nesta quinta-feira (9) o edital MT Preservar. Com investimento de R$ 3 milhões, o edital é separado em três lotes, pessoas físicas, pessoas jurídicas sem fins lucrativos e pessoas jurídicas de direito público - que são as prefeituras ou órgãos da administração pública municipal, e beneficia 27 propostas que variam de R$ 50 mil a R$ 300 mil.

Leia também:
Secel publica lista de projetos selecionados nos editais Movimentar Cultura e Esporte

“Há 20 anos não há um investimento tão robusto no patrimônio histórico. É a primeira vez que a Secel lança um edital exclusivo para o patrimônio histórico. São R$ 3 milhões: R$ 1 milhão para as prefeituras participarem, R$ 1 milhão para as associações e R$ 1 milhão para que as pessoas físicas e arquitetas possam participar e estejam disputando esses 27 prêmios que serão selecionados para que a gente faça ações de qualificação, reparo e manutenção do nosso patrimônio histórico”, afirmou Beto Dois a Um ao Olhar Conceito.

Todos os imóveis tombados, isoladamente ou em conjunto, e que estejam localizados em Mato Grosso, podem participar da seleção pública. Serão considerados tombamentos dos três âmbitos federativos: municipal, estadual e federal.

Dentre os itens que podem ser propostos para obter o financiamento estão a recuperação de fachadas e coberturas, instalações elétricas, hidrossanitárias e de prevenção contra incêndio, obras de acessibilidade, intervenções para proteção de ruínas, projetos de arquitetura, e outros.

Para se inscrever, basta clicar aqui. As inscrições vão até 13 de outubro.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet