Olhar Conceito

Quarta-feira, 01 de dezembro de 2021

Notícias / Comportamento

Projeto Raizes

Exposição exalta o cabelo da mulher negra e traz depoimentos de quem passou pela transição capilar

Da Redação - José Lucas Salvani

30 Jul 2021 - 16:30

Foto: Reprodução

Exposição exalta o cabelo da mulher negra e traz depoimentos de quem passou pela transição capilar
A exposição “Projeto Raízes” exalta o cabelo da mulher negra e traz depoimentos de mulheres que passaram pela transição capilar, incentivando a valorização da ancestralidade e o amor próprio. A exposição é elaborada pela fotógrafa Maria Reis.

Leia também:
Após 14 meses fechada por conta da pandemia, pousada se reinventa para abrir as portas novamente

A ideia do projeto surgiu de um incômodo da artista Maria Reis, natural de Poxoréu, que, em uma página de rede social, se deparou com relatos de mulheres que passaram pela transição capilar e eram alvos de críticas por terem adotado a textura natural do cabelo. Assim, através de discussões sobre feminismo e racismo, a proposta começou a ser executada pela internet, quando passou a fotografar as modelos voluntárias e a compartilhar suas vivências.

"A exposição vai atingir pessoas de várias classes e sei que vai levar muita gente a pensar, questionar e olhar para si mesma. Essas discussões são super importantes, porque levam as pessoas a entrarem nesse processo de entendimento de suas escolhas, se elas surgem de uma pressão, de um racismo estrutural e, consequentemente, trazem autonomia nessas decisões", pontua Maria.

O Projeto Raízes realiza sua primeira exposição física em parceria com o shopping, que enxerga a importância de proporcionar espaços para debates de temas como este. "A exposição da fotógrafa Maria Reis vai ao encontro dos nossos valores, oferecendo representatividade para mulheres e crianças negras", aponta Emmanuelle Thomaz, coordenadora de marketing do empreendimento.

Para inaugurar a mostra, na última terça-feira (27), foi realizada live intitulada "Raízes e a importância da representatividade", que contou com a presença da artista e da criadora do Clubinho Preto, Talita Peixoto. Durante a transmissão ao vivo, Talita comentou que a exposição é um espelho para crianças negras, que poderão se reconhecer nos retratos fotografados por Maria.

O evento segue até o dia 27 de agosto e está situado no piso 2, próximo a The Body Shop. As visitas podem ser feitas de terça a sábado das 13h às 20h e nos domingo, das 14h às 20h.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet