Olhar Conceito

Quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Notícias / Turismo

Araras Pantanal Eco Lodge

Após 14 meses fechada por conta da pandemia, pousada se reinventa para abrir as portas novamente

Da Redação - José Lucas Salvani / Da Reportagem Local - Izabel Coutinho

30 Jul 2021 - 10:30

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto

Após 14 meses fechada por conta da pandemia, pousada se reinventa para abrir as portas novamente
É inegável que o setor do turismo foi um dos mais afetados por conta da pandemia do novo coronavírus. Seja pelo medo compreensível da propagação do vírus, medidas rígidas de biossegurança e diversos países com as fronteiras fechadas, o Brasil registrou uma queda de mais de 50% no setor e mais de 1 milhão de funcionários demitidos em 2020, segundo a  Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (via Uol). André Thuronyi, proprietário da pousada de ecoturismo Araras Pantanal Eco Lodge, foi um dos atingidos pela pandemia e precisou fechar as portas em março de 2020. Elas foram reabertas apenas em maio de 2021.

Leia também:
Pantanal ressurge em tapete rosa florido de ipês evocando a vida do principal santuário ecológico das Américas

O Araras Pantanal Eco Lodge ficou com as portas fechadas durante 14 meses. Neste período, André realizou inúmeras adequações no local para que pudesse atrair novos turistas e se reerguer em meio a pandemia do novo coronavírus. Entre as mudanças no Araras, está a priorização do conforto em meio a um conceito mais “rústico” que vai de encontro com a cultura local, utilizando elementos do Pantanal seja na construção ou decoração.



Os apartamentos possuem bons colchões para manter o conforto, roupas de cama de algodão com 400 fios, egípicio, travesseiro de pena de ganso, água aquecida por energia solar, ar condicionado silencioso e lâmpadas de leitura. “São pequenos detalhes para que a experiência de dormir seja boa”, resume André em entrevista ao Olhar Conceito.

Após as reformas, a pousada conta agora com uma piscina que busca similar uma lagoa pantaneira. “O fundo da piscina nossa é feito com epóxi com grânulos de areia, para ter a sensação de que está pisando na areia. O tratamento de água é feito por ozônio e ultravioleta, o que dá uma outra qualidade no contato da pele. Para que o ozônio funcione bem, é preciso manter o PH neutro, 7.6, e isso se reflete na pele e cabelo”.



Quanto à gastronomia, o Araras Pantanal Eco Lodge trabalha com um conceito chamado “da fazenda para a mesa”, seguindo a linha slow food para consumir produtos de menor impacto na emissão de gás carbônico. Por este motivo, tudo o que é consumido na pousada é produzido no município de Poconé (a 102 km de Cuiabá), como na própria fazenda ou arredores. O objetivo é fazer com que o hóspede se alimente de forma saudável e leve.

Além da hospedagem, a pousada oferece também outros atrativos com guias de turismo. Há 21 km de trilha, com três torres de observação - uma das torres tem mais de 20 metros, sendo possível contemplar toda a planície da região. Há passeios à cavalo, passeios de jeep-safari e de barco. Também é possível contemplar o nascer e pôr do sol.



A pousada é tradicional no estado, existindo há mais de 30 anos, mas André está no setor desde 1974. O empresário começou com tendas, um trabalho “rústico”, como descreve em entrevista ao Olhar Conceito, e atualmente possui uma das pousadas mais conceituadas do Brasil, com visitas de artistas nacionais, como Aline Riscado, que visitou em julho, e turistas estrangeiros, como norte-americanos e ingleses que buscam a observação de animais como araras-azuis e onças-pintadas.

O felino pantaneiro, na verdade, tinha aparições mais raras ao público. “Quando cheguei aqui no Pantanal, você não via onças. Eu levei 11 anos para ver uma onça. Já nos últimos 15 anos, a onça foi se tornando habituada ao movimento dos turistas, aumentou muito em número e se tornou um chamariz. É ‘a menina dos olhos’ do turismo do Pantanal. Anteriormente, era a arara-azul, [mas que] continua sendo muito procurada”.



​Apesar dos estrangeiros serem os principais buscadores de turismo na região, André acredita que os brasileiros e mato-grossenses estão começando a buscar mais pela beleza do pantanal, principalmente por conta da pandemia do novo coronavírus, que os "obrigou" a turistar dentro do país. Nos últimos dois meses, o movimento na pousada Araras tem crescido bastante com a chegada de famílias de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Curitiba e Salvador.

Localizada na região da Transpantaneira, de Poconé até Porto Jofre, a pousada Araras Pantanal Eco Lodge está no Instagram. Para realizar reservas, basta lista para o telefone (65) 3682-2800 ou entrar em contato pelo email reservas@araraslodge.com.br.
Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba notícias em tempo real, clique aqui

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet