Olhar Conceito

Segunda-feira, 02 de agosto de 2021

Notícias / Política Cultural

ATÉ DIA 31

Secretaria de Cultura divulga lista final de projetos selecionados em editais da Lei Aldir Blanc

Da Redação - José Lucas Salvani

09 Dez 2020 - 10:45

Foto: Mayke Toscano

Secretaria de Cultura divulga lista final de projetos selecionados em editais da Lei Aldir Blanc
A Secretaria Estadual de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) divulgou nesta terça-feira (8) a lista final dos projetos selecionados nos cinco editais emergenciais provenientes da Lei Aldir Blanc. O pagamento dos projetos está previsto para ser feito até 31 de dezembro. Alberto Machado, secretário da pasta, já havia afirmado que está correndo contra o tempo para poder realizar os pagamentos.

Leia mais:
Secretário afirma que está ‘correndo contra o tempo’ para pagar os cinco editais neste ano

A lista completa de cada com cada um dos projetos selecionados pode ser conferida aqui. A orientação é para que os aprovados providenciem imediatamente a abertura de conta corrente específica do projeto em uma das três instituições financeiras públicas federais, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal ou Banco da Amazônia. Com a conta corrente criada, o proponente deve apresentar o comprovante de abertura e o extrato zerado na Secel até a próxima segunda-feira (14).  

Por causa de remanejamento de sobra da verba para pagamento do auxílio emergencial aos profissionais da cultura, o edital Conexão Mestres da Cultura ganhou um incremento de R$ 500 mil. O acréscimo possibilitou que o valor total destinado aos editais subisse para R$ 29,85 milhões, contemplando ao todo 593 projetos.

Ao Olhar Conceito, o secretário Alberto Machado, o ‘Beto Dois a Um’, afirmou que está correndo contra o tempo para conseguir pagar os projetos até o final do ano. “Tem que pagar esse ano, então nosso maior adversário é o tempo. Nós tivemos cinco vezes mais propostas do que projetos para serem contemplados. A busca foi imensa. Então nós estamos tendo uma seleção muito bacana”.

Segundo Beto, as equipes da Secel e dos Conselhos de Cultura fizeram uma “força tarefa” para analisar todas as propostas enviadas. “Eu acredito que os projetos estão tendo uma qualidade muito bacana. É óbvio que todo mundo não consegue ser contemplado, mas a qualidade do que vem sendo feito é muito bom. Muita gente boa também fica de fora, porque é muito mais procura do que oferta, mas a gente entende que vai ser uma retomada da cultura”.

Comentários no Facebook

Redes Sociais

Sitevip Internet