Olhar Conceito

Segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Notícias / Artes visuais

Artistas lançam exposição online sobre as queimadas em Mato Grosso

Da Redação - Isabela Mercuri

03 Set 2020 - 15:03

Foto: Caio Ribeiro e Henrique Santian

Artistas lançam exposição online sobre as queimadas em Mato Grosso
Os artistas Caio Ribeiro e Henrique Santian lançam, na próxima segunda-feira (7), a exposição “Atenção A Tensão”, projeto realizado com apoio da Coordenação de Cultura e Vivência da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e que traz as queimadas em Mato Grosso como tema. A mostra é fruto de uma imersão que começou ainda em 2019.

Leia também:
Mostra de Cinema Negro começa neste domingo e só terá mulheres no júri

Segundo Caio, Henrique o convidou para construir um poema visual sobre uma série de imagens que ele pretendia lançar. “Quando ele (Santian) me chamou pra escrever um poema visual sobre umas imagens que tinha me enviado, fiquei encantado! As imagens eram muito fortes” conta. Segundo ele, as primeiras imagens recebidas eram compostas por uma técnica de sobreposição, que unia imagens de guerreiros do Xingu com as queimadas no cerrado.

A partir deste primeiro ponto os artistas começaram a trabalhar em cima da criação de uma poética que mostrasse a potência destrutiva do fogo, mas utilizassem os saberes do Xingu para reinterpretar este momento.

“O povo do Xingu é muito sábio. Eles querem viver em um mundo onde não há destruição. O fogo para eles é um ciclo natural, é uma fonte de poder. Mas do jeito que está acontecendo, está sem controle, está matando” comenta Henrique Santian, foi para o Xingu fotografar os rituais indígenas.

A exposição iria ser lançada no início do ano no Museu de Imagem e Som de Cuiabá (MISC), e tinha, ainda, uma parceria com o Museu do Índio do RJ e um grande acervo de arte indígena do Centro Cultural Ikuyapá. Com a pandemia, no entanto, tudo migrou para o mundo virtual.

“Quando a pandemia começou, foi exatamente na semana que íamos abrir a exposição. Já estava com quase tudo pronto. Pensamos muito e decidimos migrar tudo para o ambiente virtual. Muita coisa fica de fora, mas muita coisa nova aparece” conta Caio Ribeiro.

O interesse pelas queimadas é algo que acompanha Santian há muito tempo. Ele é voluntário do Parque Nacional e já cobriu diversas ações do ICMBio contra os incêndios. “Este fogo é um fascínio. Para a exposição, criamos imagens muito poéticas, seres do cerrado em chamas e cinzas. São figuras de uma nova mitologia surgindo”, comenta.

A mostra é gratuita, e além das imagens inéditas e um vídeo-arte produzido pelos artistas, conta ainda com um bate-papo comentando sobre as experiências de produção e da criação das poéticas.

A estreia será dia 07/09, no horário pontual de 19h07 (horário de Cuiabá). Ela acontecerá vias redes sociais, onde o link será compartilhado para que as pessoas possam acessar os conteúdos.

O site só poderá ser acessado no momento do lançamento: https://atencaoexpo.wixsite.com/abertura

5 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Marcello
    04 Set 2020 às 11:06

    Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal ou por atingir a imagem de terceiros. Queira por favor refazer seu comentário e reenviá-lo.

  • walter liz
    04 Set 2020 às 10:03

    mais importante, e mais urgente é cobrar ação das autoridades, a omissão esta imperando, estamos só lamentando e ninguem esta cobrando ação dos gestores governamentais, e pior é a mesma coisa todo ano, não pega ninguem desprevinido, simplesmente estao omissos e nao deram a minima atenção, não fizeram nenhum planejamento de combate as queimadas, enfim OMISSOS

  • Bainho
    04 Set 2020 às 08:59

    Que m... esse trabalho. Por que não mostram gado de primeira linha, produção de soja e outros cereais, algodão, ouro e tantos outros que o MT produz?

  • Jr
    03 Set 2020 às 22:30

    Fogo faz parte do bioma cerrado... haja espertalhões mordendo o osso...

  • Reginaldo
    03 Set 2020 às 17:54

    Faltou colocar uns elefantes ali hein... aí ia completar totalmente a desinformação.

Redes Sociais

Sitevip Internet