Olhar Conceito

Segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Notícias / Artes visuais

Adir Sodré passou mal duas vezes antes de cair em frente de casa, diz vizinha

Da Redação - Isabela Mercuri

10 Ago 2020 - 19:59

Foto: Reprodução

Adir Sodré passou mal duas vezes antes de cair em frente de casa, diz vizinha
O artista plástico Adir Sodré passou mal duas vezes antes de cair e falecer em frente de casa no início da noite desta segunda-feira (10), em Cuiabá. Segundo informações dos vizinhos, nem mesmo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) indicou uma causa da morte, que será avaliada somente após necropsia.

Leia também:
Morre Adir Sodré, expoente das artes plásticas de Mato Grosso
 
Informações obtidas pelo Olhar Conceito dão conta de que, por volta das 18h20, Adir passou mal em frente a uma agência de publicidade. As pessoas que estavam na rua o socorreram. Ele disse que já estava melhor e se dirigiu para a sua casa.
 
No entanto, depois disso o artista plástico passou mal novamente, e caiu em frente de casa, batendo a cabeça na calçada. O Serviço de Atendimento Móvel (Samu) foi acionado, mas não indicou nenhuma causa.
 
Há especulações sobre a causa. Algumas pessoas dizem que foi infarto, outras acidente vascular cerebral (AVC). No entanto, ainda não se sabe o que aconteceu. A causa da morte será revelada após exame.
 
Adir é um expoente das artes plásticas mato-grossenses. Conhecido e reconhecido nacionalmente, já fez exposições por todo o Brasil, e era lembrado por seus falos e flores, e por tratar do tema sexualidade em sua obra.

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Vinicius Furtado
    11 Ago 2020 às 14:33

    Kkkk kk

  • Edney Antunes
    11 Ago 2020 às 04:06

    Adir eu e Humberto Espindola, fomos homenageados no 1 Salão de Artes Plásticas do Centro Oeste em Goiânia Goiás, sua obra integra os acervos de museus importantes aqui da capital e enriquece enormemente a cultura do Estado de Goiás. Uma grande perda para a cultura de Mato Grosso e do Brasil.

  • JUSTO VERISSÍMO
    10 Ago 2020 às 20:40

    Se fosse no hospital seria covid20 uma grande perda para cultura cuiabana

Redes Sociais

Sitevip Internet