Olhar Conceito

Sábado, 19 de setembro de 2020

Notícias / Comportamento

Ator quer promover ‘encontros online’ entre pacientes com Covid-19 e familiares com 'robô'

Da Redação - Isabela Mercuri

22 Jun 2020 - 09:12

Foto: Divulgação

Ator quer promover ‘encontros online’ entre pacientes com Covid-19 e familiares com 'robô'
O ator André D’Lucca criou um projeto que visa diminuir o sofrimento dos pacientes infectados com coronavírus (Covid-19) que estão isolados nos hospitais. A ideia é promover encontros online com os familiares e, para isso, ele precisa de ajuda para construir pelo menos cinco robôs, que circularão por alas adultas e infantis.

Leia também:
Expoente das artes plásticas lança exposição online nesta quarta-feira
 
Ele mesmo passou algum tempo internado em hospitais no último ano, e mesmo sem as restrições pelas quais passam os pacientes com Covid-19, sentiu na pele o que é ser privado da convivência de familiares e amigos. “Fiquei entre a vida e a morte em UTIs e enfermarias. É difícil imaginar, mas tento me colocar no lugar desses pacientes. Afinal, o isolamento dos doentes com covid é muito rigoroso”.
 
Assim que se recuperou, ele criou um projeto de formar “doutores da alegria” para ir aos hospitais. No entanto, com a pandemia isso teve de ser freado. “E diante de tudo que passei, estou proibido de entrar em um hospital, sou do grupo de risco. E então fiquei aflito, querendo ajudar, foi quando veio a ideia de desenvolver os robôs com a colaboração de outros artistas”.
 
Ele e outros artistas desenvolveram juntos o projeto dos robôs. O primeiro suporte, com roupagem lúdica, foi produzido por Douglas Peron, do coletivo de arte SpectroLab. “Com transmissão de imagem e som em tempo real, a tecnologia poderá ser alternativa à necessidade do distanciamento. A meta é desenvolver cinco robôs - que circularão por alas adultas e infantis -, só para começar”.
 
Agora, eles precisam de ajuda para colocar o projeto em prática. Além de tablets, são necessárias caixas de som e baterias para que eles permaneçam ligados por muito mais tempo.
 
“Por meio de uma campanha nas redes sociais já consegui arrecadar doações que me ajudaram a comprar materiais para esses suportes. Entre os quais, perfis metálicos, rolamentos, espuma, tintas, colas e arames. No entanto, para que enfim seja concretizado, precisamos de ferramentas tecnológicas, que permitirão a interação em tempo real”.
 
Vale ressaltar, o nome escolhido para o projeto, "Mala de Fugir", faz alusão a uma obra do ator e diretor Luiz Carlos Ribeiro [in memoriam] e assim, o homenageia.   
 
Para mais informações, entre em contato pelo telefone (65) 99292-9907.  

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Conceito. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Conceito poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Rosimeire Marques
    24 Jun 2020 às 18:10

    Parabéns André, Será um sucesso e muito orgulhosa de participar desse lindo projeto. Deus te abençoe sempre.

  • Cesar
    22 Jun 2020 às 10:35

    A primeira dama poderia encampar isso André!!! Vamos ligar para Almerinda passar essa idéia para a primeira dama e o rei Mauro.Mendes. Depois dos drones do homem do paletó os robôs são extremamente úteis, e.Mauro Mente pode sair em rede nacional

Redes Sociais

Sitevip Internet